Pesquisar

Luta contra o racismo é tema do espetáculo “Sankofa”, realizado em Alta Floresta neste dia 19

Luta contra o racismo é tema do espetáculo “Sankofa”, realizado em Alta Floresta neste dia 19

Teatro Experimental

Luta contra o racismo é tema do espetáculo “Sankofa”, realizado em Alta Floresta neste dia 19

O público vai mergulhar na herança africana, nos saberes ancestrais, mitologias fascinantes, e conhecer pessoas negras que mudaram o rumo da história do Brasil

No dia 19 DE MARÇO, ÀS 20H, o ESPAÇO CULTURAL TEAF tem a alegria de receber o espetáculo SANKOFA, um monólogo apresentado pelo ator André D’Lucca, que traz à tona o resgate racial com um convite para voltar ao passado e buscar respostas importantes a refletir sobre a identidade, pertencimento e resistência do povo e da cultura negra. Além de Alta Floresta, o projeto pretende percorrer os municípios de Cáceres, no dia 21, no Auditório da Escola Técnica Estadual (Seciteci); Cuiabá, no dia 22, no Cine Teatro; encerrando a turnê em Tangará da Serra, no dia 23 de março, no Centro Cultural.

O Espetáculo, que tem CLASSIFICAÇÃO LIVRE, é inspirado nos legados do Teatro Experimental do Negro (TEN) e na filosofia de “Sankofa”, com texto e interpretação do ator André D’ Lucca, que conduz por uma experiência teatral única, repleta de cores, ritmos e emoções. Serão apresentados desde os tambores sagrados aos contos ancestrais. Cada cena é importante, pois transporta para um universo rico em simbolismo e significado. O ator focou toda a produção artística na racialidade, no letramento racial, com o objetivo de despertar os irmãos negros e conscientizar os irmãos brancos: D’Lucca se voltou na luta contra o racismo.

A PRODUÇÃO

Mawusi, a diretora de Sankofa é atriz, formada pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e está se graduando em licenciatura em Teatro pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Lecionou como Artista Docente da SP Escola de Teatro na atuação, é atriz colaboradora do Teatro da Vertigem e já realizou diversos trabalhos importantes no cenário brasileiro, entre peças teatrais e produções audiovisuais. O espetáculo conta também com o figurino de Jean Guaré, fotografia de Fábio Motta, arte digital de Fernanda Fernandes, iluminação do Loro da Hiald, e assessoria de imprensa da Livre Comunicação Coletiva.

Quanto ao nome do espetáculo, D’Lucca explica que Sankofa é um símbolo Adinkra, presente em muitos portões brasileiros e que as pessoas, possivelmente, não sabem o significado. Os símbolos adinkras são escritas africanas e ancestrais.

O projeto “Monólogos sobre a Ancestralidade” – Sankofa, é uma realização da Associação Cuiabana Belas Artes – Acuba, com o patrocínio da Secretaria de Estado, Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), via emenda parlamentar do deputado estadual Valdir Barranco, com apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e da TV Centro América.

 

SERVIÇO: Os ingressos são gratuitos e terá o recolhimento de doação de 1 litro de leite longa vida, não sendo obrigatório, com o propósito de ação beneficente.

Fonte: Assessoria

Receba as notícias do Nativa News no seu WhatsApp.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Imprimir

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br