Saúde

27/04/2021 09:00 UOL, em São Paulo.

Bebê recém-nascido supera covid após 8 dias na UTI; 'Muito medo', diz mãe

Pedro Henrique Mendes Cruz ainda não completou um mês de vida, mas — se soubesse falar — poderia dizer que já superou a covid-19. O recém-nascido ficou internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por oito dias até receber alta na quarta-feira (21). A criança estava no Hospital Ana Costa, em Santos, a 73 km de São Paulo,

O primeiro susto passou, mas a mãe Patrícia Rodrigues Mendes Cruz ainda descreve os dias de internação com tristeza por conta da situação pandêmica, embora esteja parcialmente aliviada. "Nos livramos do vírus, mas ainda podemos ter uma reinfecção, temos muito medo", diz ela, que acha que contraiu covid-19 no hospital durante a estadia do parto.

O menino nasceu dia 2 e teve alta dois dias depois, apresentando quadro saudável. Já a mãe, sem saber, estava com o novo coronavírus. "Tive muita dor de cabeça, coriza e dor nas pernas, mas achei que fosse sinusite ou que fosse por causa do parto", conta.

Pouco tempo depois, o bebê também começou a apresentar os sintomas da doença. Com febre persistente a 38ºC, os médicos optaram por internar Pedro Henrique e fazer a coleta do teste RT-PCR a fim de identificar contaminação por covid-19. Durante quatro dias o recém-nascido teve temperatura alta e uma pequena dificuldade para respirar - que ainda persiste na hora da amamentação, mas não chegou a ser intubado, segundo Patrícia.

"Isso pode ser consequência da covid, tem que fazer tratamento com pediatra para passar", explica a mãe. Além dela e do bebê, o marido contraiu a doença. Todos ainda cumprem o tempo de isolamento social recomendado por especialistas.

"Eu penso que a covid é tão perigosa quanto outras doenças, só que as pessoas não levam tão a sério porque cada um tem uma reação", opina. "Eu passei sem remédio, na verdade só tomei remédio para dor de cabeça. Meu marido também teve covid e tomou medicação por cinco dias e já está ficando bem", acrescenta.

Patrícia diz que viveu dias de aflição quando o filho foi isolado em um quarto de UTI neonatal, onde não pôde acompanhá-lo. No entanto, ela reforça que é importante se colocar no lugar de outras pessoas, que, possivelmente, não gostariam o filho delas estivesse no mesmo ambiente que pessoas contaminadas pelo vírus.

"Fiquei chateada por ficar afastada do meu filho durante a internação, ele ficou quatro dias na UTI sozinho. Depois tive a sorte de conseguir um quarto [na própria unidade] para ficar come ele", comenta.

 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo