Política

09/11/2021 16:09 Olhar Direto

Com adesão de Bolsonaro ao PL, Leitão pode recuar de candidatura para apoiar chapa de WF ao governo com Medeiros ao Senado

Logo após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmar que irá se filiar ao PL, os bastidores da política mato-grossense já começaram a tentar encaixar todos os nomes da direita em uma possível chapa para 2022. A intenção é que o senador Wellington Fagundes seja o candidato do presidente ao Governo de Mato Grosso.

Segundo informações de fontes do Olhar Direto, o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB), que vinha sendo citado como um possível nome ao Governo, teria dito em reuniões que prefere ser coordenador de campanha de Wellington, como estratégia para derrotar o atual governador Mauro Mendes (DEM).

A estratégia agradou os bolsonaristas de Brasília, já que com essa conjectura também seria possível encaixar o atual deputado federal José Medeiros (PODE) como candidato ao Senado e o deputado federal Nelson Barbudo (PSL) à reeleição.

No próximo dia 17 de novembro, o PL se reúne em Brasília para que Bolsonaro assine sua filiação. Com isso, fica para trás o apoio que o deputado estadual Neri Geller (PP) esperava para sua candidatura ao Senado.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo