Política

06/05/2022 14:40 Folha Max

Deputada Janaina Riva alerta para piadas e não vê com bons olhos a entrada de “Tigresa Vip” na política

Janaína Riva afirma que também "barraria" Alexandre Frota

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou nesta sexta-feira (6), durante entrevista à rádio CBN, que não vê com bons olhos a entrada na política da atriz de vídeos eróticos, Ester Caroline Henrique Bonometo Pessato, conhecida como “Tigresa Vip”. A parlamentar destacou que se trata de um assunto interno do PT, mas que se fosse no MDB, o tema seria discutido e provavelmente a filiação seria vetada, segundo ela, para evitar piadas e chacotas à classe política.

Janaina acredita que o principal problema enfrentado pelo PT, nesta situação, foi o de aceitar a filiação. A deputada apontou que se o caso tivesse ocorrido no MDB, por exemplo, teria sido discutido antes mesmo de uma possível entrada de Tigresa no partido.

De acordo com o parlamentar, a partir do momento que, dentro do prazo eleitoral, foi autorizado alguém a entrar na sigla e depois disso, suspender ou revogar a filiação, é uma atitude grave, pois está se tirando o direito que essa pessoa tem de se candidatar. A polêmica ocorreu porque após a repercussão de Esther Caroline como pré-candidata a deputada estadual pelo partido, o diretório do partido anulou a filiação alegando problemas no registro da filiação.

“O problema está aí. É uma situação interna do PT, porque não sei quem a convidou ou com quem ela combinou sua candidatura. Se fosse dentro do MDB, antes da filiação, nós já não teríamos aceitado a entrada de ninguém que fosse exposto desta forma na mídia. Eu não aceitaria, porque acho que a política já é tão condenada, onde as pessoas fazem piada, porque é algo que sem dúvida que transforma o partido em chacota. Não aceitaria ela, assim como não aceitaria um Alexandre Frota, que fazia filme pornô e entrou, sem ninguém falar nada. Não sei se é porque ele era homem e não quiseram falar sobre o assunto, mas também não seria bem-vindo, se dependesse de mim. Mas aceitar e tirar a candidatura é uma medida muito dura”, afirmou.

Na entrevista, a deputada também comentou sobre a participação das mulheres na política e também criticou uma possível candidatura da senadora Simone Tebet (MDB/MS) à eleição para a Presidência da República. Janaina Riva opinou que candidaturas nascem de baixo para cima, e não o contrário. A parlamentar explicou que o MDB já está dividido e a possibilidade da candidatura de sua colega de legenda surgiu tardiamente.

“Ontem, por exemplo, me perguntaram se, caso eu fosse candidata ao Governo e o meu partido não me apoiasse, se mesmo assim disputaria. Respondi que não, pois se não consegui conquistar nem minha legenda, como vou conquistar a população. Não gosto disso, de se colocar mulher como candidata por ela ser mulher, achando que ela terá votos apenas por isso, ou para cotas para o fundo eleitoral. Nós não podemos mais ser usadas pelos partidos para preencher espaços. Temos que ser candidatas para sermos eleitas. Não entendo como a candidatura da Simone Tebet poderia ser benéfica nem para ela, nem para o partido, ou até mesmo para nós, mulheres. Gosto muito dela, mas a eleição já está polarizada e não vejo outra possibilidade a não ser uma disputa entre Lula e Bolsonaro.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo