Política

03/05/2022 08:11 Isabela Mercuri /Olhar Direto

Rosa Neide nega preconceito e diz que problema foi Tigresa misturar política e sexo em vídeo e não ter histórico de militância

Autora do áudio vazado no último sábado (30), em que falava sobre uma articulação que faria com a presidenta Gleisi Hoffman e que não queria ser “chacota nacional” por conta da filiação de Ester Caroline, mais conhecida como ‘Tigresa’, a deputada federal Rosa Neide (PT) negou que as motivações por trás de sua fala sejam preconceituosas.
 
Segundo ela, a fala veio depois de ver um vídeo em que Ester falava sobre sua pré-candidatura sem o conhecimento de ninguém do partido, e misturando sexo e política. “Houve um vídeo que a senhora Ester estava sendo lançada a deputada estadual sem conhecimento de ninguém, depois eu vi os vídeos, nenhum vídeo pornográfico comercial que a senhora Esther fez eu tenho nenhuma coisa contra. É um produto do trabalho dela e se ela entender que é digno ela continue comercializando, eu não tenho nada com isso”, disse a parlamentar ao Olhar Direto.

Segundo Rosa Neide, o PT não tem o costume de lançar candidaturas de pessoas desconhecidas no meio partidário e que não têm militância fora da sigla. “Sexo, vídeo pornô, isso é um produto de mercado e cada um usa como quiser, eu não tenho nada com isso. Agora, misturar com política não. Eu acho que política pra mim é vida, é trabalho, é legislação, é coisa séria. Como o sexo também é coisa séria, mas cada um no seu lugar. E é nesse sentido que eu chamei a atenção do partido. Ninguém lança candidatura sem militância, sem conhecimento da direção. Então é para a direção do Partido dos Trabalhadores que tem a ver com os filiados do partido que eu estou chamando atenção, como lança uma candidatura sem discussão interna? A questão é essa”.

A parlamentar negou que tenha algum problema com a profissão de Ester ou com qualquer outra minoria. “Eu não tenho nada com isso. Eu acho que mulher não é coisa, eu não gosto da mulher coisificada, mas defendo as mulheres, lugar de mulher onde é ela quiser, a minha luta é social, é pela vida, é pelo emprego, é pelas pessoas, principalmente as mulheres, terem autonomia e independência. (...) Todo cavalo de batalha que estão fazendo aí não me atinge, porque eu sei com quem eu lido, eu sei quais são as pessoas que eu represento e são todos os diferentes, são todas as minorias. Eu não tenho problema com isso, não tenho problema, eu sempre ajudei a parada, eu sempre tive presente na parada, então eu sei que eu não sou uma pessoa preconceituosa, eu sei por essência”, completou.

Por fim, a petista ainda argumentou que não é contra a filiação de Ester, que todos podem fazê-lo, mas que a discussão acerca da candidatura deverá ser feita pelo partido. “Eu sei o que eu peço. Agora, quando mistura partido político e brincadeira e chacota e desmerecimento não. Política é coisa séria, a gente muda esse país com política, e é nesse sentido que eu me pronunciei para a presidência do partido e quem define é o partido, não sou eu”, finalizou.

O caso

Áudio obtido pela reportagem do Olhar Direto mostra que a deputada federal Rosa Neide (PT) articulou para barrar a candidatura da atriz pornô Tigresa Vip, que se filiou ao diretório municipal de Barão de Melgaço dos Partidos dos Trabalhadores (PT) para tentar ser candidata a deputada estadual. 

No áudio, Rosa Neide diz que não está disposta a fazer campanha política para ser “chacota” no Brasil todo. A fala difere das declarações anteriores da deputada federal à imprensa, quando a parlamentar disse que a saída de Tigresa VIP não foi motivada por preconceito ou descriminação. 

“Acabei de receber um vídeo feito por esta moça recém filiada no PT, eu encaminhei agora para a presidenta Gleisi assim como um texto meu como deputada federal de Mato Grosso colocando a situação e a partir de segunda-feira o diretório nacional há de analisar o que nós aqui de Mato Grosso estamos a enfrentar”. 
 
Por meio de nota, a assessoria de imprensa da deputada federal Rosa Neide afirmou que o PT é um partido "plural". A parlamentar também disse que reafirma seu compromisso "ético e democrático" com o partido.

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo