Política

16/04/2022 07:00 Poder360

PT vai ao TSE por propaganda eleitoral em motociata de Bolsonaro

O PT pretende acionar o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por suposta propaganda eleitoral antecipada. O partido, que deve protocolar representação, alega que a “motociata” realizada pelo mandatário nesta 6ª feira (15.abr.2022), em São Paulo, teve caráter eleitoreiro. A sigla diz também que não é a 1ª vez que o chefe do Executivo participa desse tipo de ato com apoiadores, caracterizando reincidência. De acordo com o advogado Cristiano Zanin, a legenda acionará a Justiça Eleitoral até 2ª feira (18.abr.2022).

Bolsonaro saiu de São Paulo e percorreu estradas do interior paulista até a cidade de Americana. Em discurso, o presidente afirmou que o acordo firmado entre o TSE e o Whatsapp para barrar desinformação nas eleições deste ano é  “inadmissível, inaceitável e não vai ser cumprido”.

SEMANA MOVIMENTADA

Essa será a 6ª representação do PT enviada ao TSE em uma semana. O partido já havia acionado a Corte 3 vezes por outdoors contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva instalados em Minas Gerais, Maranhão e Mato Grosso. Uma das peças foi colocada em Divinópolis (MG). Consta a seguinte mensagem, acompanhada de uma foto de Lula: “Nós aqui odiamos este ladrão comunista. Fora maldito”. Em Imperatriz (MA), o ex-presidente é chamado de “traidor da pátria”. Em Rondonópolis (MT), de “bandido”.

O partido também enviou 2 representações questionando supostas propagandas eleitorais antecipadas de Bolsonaro. A 1ª diz respeito a uma carreata realizada em 8 de abril, durante o evento ExpoLondrina 2022. Teria sido organizada pelo deputado federal Filipe Barros (PL-PR) e pela Sociedade Rural do Paraná, segundo o PT. A outra representação questiona a “motociata” feita em 9 de abril em Ibiporã, no Paraná.

O presidente participou dos 2 eventos. O partido pede que Bolsonaro, Filipe Barros e a Sociedade Rural do Paraná sejam multados em até R$ 25.000. Os textos encaminhados ao TSE são assinados pelos advogados Cristiano Zanin, Eugênio Aragão, Valeska Zanin Martins, Angelo Longo, Maria de Lourdes Lopes, Marcelo Winch, Victor Lugan, Miguel Filipi Pimentel, Eduardo Quevedo, Gean Ferreira e Maria Eduarda Praxedes Silva.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo