Política

16/04/2022 06:22 MidiaNews

Podemos quer 2 na AL e vê como “natural” apoio a Mendes em 2022

Presidente do partido, Dilemário Alencar diz que sigla também quer uma vaga na Câmara

Presidente estadual do Podemos, o vereador por Cuiabá Dilemário Alencar afirmou que a sigla pretende garantir cadeiras tanto no Parlamento estadual quanto no federal nas eleições deste ano. Atualmente, a legenda não tem representantes em nenhuma das esferas.

“Nas chapas temos como pré-candidatos vereadores de vários municípios, suplentes e líderes de vários segmentos organizados da sociedade. A nossa meta é de eleger neste ano dois deputados estaduais e um deputado federal”, afirmou. Ele afirmou que o partido já tem 40 pré-candidatos a deputado estadual e fará uma seleção de 17 homens e oito mulheres para compor a chapa final.

Entre os principais pré-candidatos à Assembleia Legislativa estão o próprio Dilemário e o colega dele na Câmara de Cuiabá, vereador Wilson Kero-Kero; e o ex-vereador por Cuiabá Marcelo Bussiki. 

A lista ainda tem os nomes dos vereadores Adriano Carvalho (Primavera do Leste), Lennon Corezomaé (Barra do Bugres), Arnildo Neto (Diamantino), Luciano Silva (Alta Floresta) e Elaine Antunes (Tangará da Serra). O partido também aposta no advogado Sandro Saggin, de Barra do Garça, que já disputou a Prefeitura daquele município.

Já para a chapa de deputado federal, o Podemos tem 12 pré-candidatos, entre os quais irão selecionar seis homens e três mulheres para a chapa final.

Entre alguns dos nomes que devem sair à disputa estão o cabo Juliano Rabelo, que foi suplente de deputado federal; o ex-vereador por Cuiabá Professor Neviton, o vereador e ex-presidente da Câmara de Campo Novo dos Parecis, Marcelo Burgel e a microempresária de Tangará da Serra, Nilvinha Silva.

Disputa ao Paiaguás

Quanto à eleição para o Governo do Estado, a tendência é que o Podemos em Mato Grosso apóie a reeleição do governador Mauro Mendes (União Brasil), como retribuição pelo apoio recebido pelo então candidato à Prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior. “Eu vejo como natural aproximação do Podemos em Mato Grosso com a atual governador Mauro Mendes, visto que o grupo político do governador apoiou o Podemos na eleição municipal de Cuiabá em 2020”, afirmou.

“Particularmente defendo essa posição, mas evidentemente é o coletivo do partido que vai decidir”, completou.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo