Polícia

06/05/2021 17:10 Camila Molina/Polícia Civil-MT

MT - Polícia Civil apreende 149 tabletes de entorpecentes que eram transportados em fundo falso de caminhão

A droga avaliada em R$ 2,5 milhões pertence a um grupo criminoso que utiliza veículos de grande porte para prática do tráfico

Aproximadamente 150 tabletes de entorpecentes, entre pasta base e cloridrato de cocaína, foram apreendidos pela Polícia Civil, na quarta-feira (05.05), em trabalho de investigação da Delegacia de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá) com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional.

A droga vinda da Bolívia e avaliada em mais de R$ 2,5 milhões estava acondicionada no fundo falso de um caminhão que fazia o transporte de bezerros, com o objetivo de despistar possíveis abordagens policiais.

Há algum tempo, a equipe de investigadores da Delegacia de Pontes e Lacerda junto ao Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional vêm investigando um grupo especializado no tráfico de drogas na região de fronteira que utiliza veículos de grande porte para realizar o transporte da droga.

Durante os trabalhos, os policiais conseguiram identificar um caminhão boiadeiro pertencente ao grupo criminoso, iniciando monitoramento do veículo que foi escondido em uma propriedade na região do Córrego do Onça, zona rural de Pontes e Lacerda. Segundo as investigações, a propriedade foi alugada pelos suspeitos também com o fim de atuarem com a prática criminosa.

No local, os policiais encontraram o caminhão do lado de fora da propriedade e em análise preliminar, foi possível verificar emendas no assoalho do veículo, caracterizando um possível fundo falso. Ao perceber a presença dos policiais, os criminosos que estavam em outro veículo empreenderam fuga por uma estrada vicinal, conhecida como “cabriteiro”, que são caminhos irregulares que os traficantes utilizam para chegar a Bolívia, não sendo possível alcançá-los.

O caminhão foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Pontes e Lacerda, onde foi evidenciado o fundo falso de onde foram retirados 87 tabletes de pasta base e 62 de cloridrato de cocaína, totalizando 149 tabletes de entorpecentes e um prejuízo de mais de R$ 2,5 milhões aos traficantes.

Segundo o delegado de Pontes e Lacerda, Marlon Luz, os suspeitos já estão identificados com a comprovação do envolvimento do grupo com a droga apreendida. “Foi uma investigação exclusiva da Polícia Civil de Pontes e Lacerda que resultou na grande apreensão de entorpecentes, que com certeza, deu um grande tombo no grupo criminoso e no tráfico de drogas na região de fronteira”, disse o delegado.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo