Esporte

19/12/2021 13:02

Testemunhas que estavam em motel no dia em que mulher teria sido agredida por jogador do Cuiabá são ouvidas pela polícia

Jogador do Cuiabá, Clayson Vieira, se pronunciou, via assessoria, pela primeira vez desde que o caso veio à tona.

As testemunhas que presenciaram supostas agressões cometidas pelo ex-jogador do Cuiabá Esporte Clube, Clayson Vieira, de 26 anos, contra uma jovem de 22, disseram à polícia que ele não tem envolvimento no caso. Em nota, Clayson afirmou que a responsável pelas "falsas acusações" vai "sofrer as consequências dos atos".

Cinco testemunhas que estavam no dia em que a mulher, de 22 anos, teria sido agredida pelo jogador do Cuiabá Esporte Clube, Clayson Vieira, de 26 anos, disseram à polícia que ele não participou da agressão, segundo informou, em nota, a assessoria do jogador.

Cinco pessoas, sendo dois homens e outras duas mulheres que estavam no motel na noite de 7 de dezembro, foram ouvidos pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher. A investigação está sob sigilo. 

 

No posicionamento, o ex-atacante do clube de Cuiabá afirmou repudiar qualquer tipo de violência contra a mulher.

 

Entenda o caso

A jovem, de 22 anos, disse à PM, que estava em um motel, na noite de 9 dezembro, acompanhada de três homens, entre eles Clayson, e duas mulheres. De acordo com o BO, em determinado momento, o jogador quebrou uma garrafa e começou as agressões.

A vítima então chamou um motorista de aplicativo e foi para um hotel ao lado da boate onde trabalha, onde tomou remédios para dormir e se feriu com uma garrafa. Ela ficou internada no HMC e também já foi ouvida pela Polícia Civil.

Por conta da repercussão do caso, a jovem deixou Mato Grosso com o pai. Na semana passada, ela usou as redes sociais para afirmar que a denúncia contra o jogador não foi motivada por interesses financeiros.

 

Nota do jogador

Em relação às acusações dirigidas ao atleta Clayson Henrique da Silva Vieira, no último dia 9 de dezembro, referentes a fatos ocorridos durante o seu dia de folga, esclarecemos:

Após minuciosa investigação realizada pela Delegacia de Polícia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, sendo ouvidas cinco testemunhas presentes no ocorrido, incluindo outras mulheres, foi completamente afastada qualquer participação do atleta em episódios de agressão ou ofensa.

As declarações no Boletim de Ocorrência foram realizadas com claras intenções de locupletação e a pessoa responsável pelas falsas acusações sofrerá as consequências de seus atos.

Clayson cumprirá seu contrato de trabalho com o Cuiabá, clube ao qual foi emprestado até 31 de dezembro, e, após, se apresentará ao Bahia, clube com o qual tem vínculo até o fim de 2022.

Durante todo esse período, Clayson preferiu se calar, apesar de ampla divulgação da mídia, dando espaço apenas para uma das várias partes envolvidas no caso, e julgamentos precipitados. Ele, assim como outras testemunhas, optaram por falar à Justiça, passando suas versões, seguindo assim o caminho correto.

Por fim, Clayson afirma que repudia qualquer tipo de violência e prega respeito a todas as mulheres.

 

Nota do Cuiabá Esporte Clube

O Cuiabá Esporte Clube informa que tomou ciência ontem da existência de um Boletim de Ocorrência em que os atletas Clayson e Rafael Gava são acusados de lesão corporal a uma jovem.

Ao confrontar os jogadores, a direção ouviu a confissão da participação de Clayson no lamentável episódio. Já Rafael Gava teve sua versão de que estava em casa com familiares confirmada pelo próprio colega.

O Cuiabá lamenta profundamente o ocorrido e já informou Clayson que sua conduta extracampo é inaceitável e que encerrará seu vínculo imediatamente. O atleta, que pertence ao E.C. Bahia, foi excluído ontem mesmo do grupo que enfrenta hoje o Santos, na Vila Belmiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro."


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo