Economia

07/04/2021 06:36 Marianna Peres I Diário de Cuiabá

ETANOL: Preço médio atinge maior valor da série histórica em MT

Mês de março foi marcado pela alta dos combustíveis, movimentação que atingiu em cheio o biocombustível

O preço médio do litro do etanol hidratado atingiu em março desse ano o maior valor já registrado pela série histórica da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para Mato Grosso. No encerramento do mês, o biocombustível apontou média de R$ 3,945 no Estado e preço máximo de bomba chegando a R$ 4,899 no interior.

No ranking nacional da Agência, mesmo com a elevação, Mato Grosso fechou o período com o segundo menor valor médio do País, atrás apenas de São Paulo, com R$ 3,847.

Considerando a média de março do ano passado no Estado, R$ 3,244, o preço de bomba aponta alta de 21,60% na comparação entre os dois períodos. No decorrer de 2021, o preço médio apurado pela ANP já se mostrava em elevação no Estado. Janeiro fechou com média de R$ 3,216 e fevereiro em R$ 3,255.

A alta, ocorrida em razão de constantes alterações de valores sobre a gasolina, o diesel, e ainda outras variantes de mercado, como o custo de produção, faz o etanol apresentar valores acima de R$ 4,19 em alguns períodos do mês passado, em Cuiabá, movimentação que fez com que o biocombustível perdesse a vantagem econômica sobre a gasolina pela primeira vez em mais de dez anos. Na continha básica em que o etanol tem de custar até 70% do valor da gasolina, março mostrou resultados de até 76% em postos de Cuiabá, levando muitos motoristas a optar pela gasolina, já que é um combustível de melhor rendimento quando comparado ao etanol.

Passado o auge histórico de preços ao consumidor, o mercado regulou os preços de bomba para baixo, na última semana de março. Nessa nova movimentação no varejo, o litro voltou para casa dos R$ 3, oscilando entre R$ 3,45 a R$ 3,59. No último final de semana, um posto na Avenida XV de Novembro, em Cuiabá, reduziu o valor de bomba a R$ 3,19, valor completamente diferenciado da realidade atual, o que causou filas pela via.

Um frentista desse posto – que é de bandeira branca, ou seja, não tem contrato de exclusividade com nenhuma marca – disse que a motivação para baixar o preço do etanol veio pela redução nas vendas, havendo estoque no local, bem como para fazer caixa para os compromissos da empresa nesse começo de mês. Na prática, quem pode aproveitar o valor de ‘promoção’, pôde economizar pelo menos R$ 16 a cada 40 litros abastecido. A R$ 3,59, por exemplo, abastecer 40 litros em média, custa R$ 143,60. Já com o litro a R$ 3,19, o mesmo volume sai por R$ 127,60. Para quem completou o tanque do carro a R$ 4,19, por exemplo, houve economia de R$ 1 por litro. A tanqueada que chegou a R$ 167,60, caiu para R$ 127,60, ou seja, R$ 40 de economia no período.

Na fila para abastecer a R$ 3,19, o comerciante Paulo Silva Nunes, disse que compensava, e muito, perder tempo na fila, mas abastecer mais em conta. “Eu não trabalho com carro, apenas me descolo com ele. Um tanque dá para semana toda. Essa economia de R$ 40, por exemplo, nada mais, nada menos, vira um quilo de carne bovina”, exclamou.

O aposentado Eudes Mattos, disse que foi avisado do preço em ‘promoção’ pelo filho, que havia passado mais cedo no local. “Saí de casa só para vir abastecer e aproveitar o preço”.

A perspectiva é que os preços do etanol, a partir de abril, apresentem novas pequenas reduções, pois as usinas de moagem de cana-de-açúcar começam a retomar os trabalhos e com isso, há o aumento na oferta do produto. De abril até meados de novembro, conforme o rendimento da safra de cana, as unidades estarão em atividade em Mato Grosso.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo