Economia

20/06/2022 06:17 Diario de Cuiabá

Vendas crescem em Mato Grosso, e saldo é o maior do Centro-Oeste

Vendas do comércio varejista do Estado cresceram 11,9% em abril, quando comparado ao mesmo mês de 2021

O volume de vendas do comércio varejista de Mato Grosso cresceu 11,9% em abril, quando comparado ao mesmo mês do ano passado. A variação foi a maior observada na região Centro-Oeste, no período. O ganho anual é ainda o quarto maior do País, atrás apenas do registrado no Ceará, 18,5%, Alagoas, 15,1% e do Espírito Santo, 14,9%%.

A evolução anual no Estado supera a média observada no País, que, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada pelo IBGE, foi de 4,5%. Na região Centro-Oeste, todos os quatro estados tiveram resultado positivo em relação ao ano passado.

Mato Grosso lidera, com a alta de 11,9%, seguido por Mato Grosso do Sul, 7,8%, Distrito Federal, 5,4% e Goiás, com 1,4%. Ainda acerca do varejo mato-grossense, o comércio registrou avanços na comparação mensal, ante março, crescendo 0,4%, bem como no acumulado do primeiro quadrimestre, 2022 ante 2021, com alta anual de 8,1%.

Pesquisa Mensal de Comércio mostra que o País cresceu 0,9% em abril, na comparação com março, apresentando o quarto mês consecutivo de alta. Contra igual período do ano passado, o crescimento foi de 4,5%.

Nos primeiros quatro meses do ano, o setor acumulou aumento de 2,3%, e, nos últimos 12 meses, de 0,8%.  “Os quatro meses do ano foram positivos, mas vêm em trajetória decrescente: de 2,4% em janeiro para 0,9% em abril. O crescimento é consistente, porém desigual.

Como um todo, o comércio varejista está 4% acima do patamar pré-pandemia, em fevereiro de 2020. Mas entre as atividades está desigual”, avalia Cristiano Santos, gerente da pesquisa. Na comparação com março, o volume de vendas do varejo foi positivo em 19 das 27 Unidades da Federação, com destaque para: Amazonas (4,4%), Rio Grande do Norte (4,0%) e Alagoas (3,8%).

Por outro lado, oito estados tiveram resultados no campo negativo, com destaque para: Pernambuco (-7,7%), Roraima (-4,5%) e Pará (-4,4%). Frente a abril de 2021, houve predomínio de taxas positivas, com 23 das 27 UFs em crescimento.

Os destaques foram Ceará (18,5%), Alagoas (15,1%) e Espírito Santo (14,9%). Por outro lado, pressionando negativamente, destacam-se Pernambuco (-7,6%), Bahia (-4,9%) e Amazonas (-2,0%).  


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo