Destaques

31/12/2020 08:46 Eliza Gund I Nativa News

Secretário de Saúde de AF se despede do cargo e pede conscientização contra covid

Na tarde desta quarta-feira (30) o secretário de saúde de Alta Floresta, Marcelo de Alécio Costa, convocou uma coletiva de imprensa para as últimas considerações de sua gestão e orientações em relação a prevenção e combate da disseminação do novo coronavírus no município. Em tons de despedida, Costa afirmou dever cumprido agradecendo a população alta-florestense.

A frente da pasta da saúde na administração Asiel Bezerra há um ano e sete meses, Costa assumiu as responsabilidades da saúde pública municipal, promoveu algumas alterações positivas no funcionamento da secretaria e regulamentou atendimentos realizados. Um dos marcos do seu período de gestão foi a mudança da casa de apoio na capital cuiabana, garantindo o bem-estar dos pacientes regulados para atendimentos de especialidades.

Com todas as ações realizadas, neste início de ano de 2020 a pandemia da covid-19 alterou toda a rotina na secretaria de saúde, seguindo protocolos do Ministério da Saúde adequando a realidade do município, toda equipe da secretaria de saúde se adaptou no combate a disseminação do vírus no município, com a redução considerável dos casos positivos no mês de novembro, o secretário afirmou que “são mérito do empenho de toda uma equipe em cima do combate à essa pandemia, graças a Deus saímos hoje, não só eu como a equipe, vitoriosos sobre este trabalho que fizemos. Então a nossa gratidão a todos que estiveram empenhados".

Na sala de reuniões da secretaria de saúde, Costa recebeu a imprensa para levar seus agradecimentos à toda população, encerrando seu ciclo de trabalhos a pasta. "Eu fiz a convocação para esta coletiva porque eu não poderia deixar de aproveitar essa reta final e hoje é o nosso último dia de expediente na secretaria, e eu queria aproveitar essa oportunidade para fazer os agradecimentos a todos da imprensa que nos deram apoio e suporte, nas divulgações dos boletins, das notícias e trabalhos que venho fazendo há um ano e sete meses à frente à secretaria e também dizer que estamos hoje encerrando esse mandato da Gestão Dr. Asiel e Marcelo Costa”.

Costa ainda afirmou que nesta data estava sendo concluído o pagamento da folha e de todos os fornecedores, deixando a secretaria sem restos a pagar referente a gestão 2020.

"Hoje eu saio da secretaria de saúde, entrego o cargo ao novo secretário com a missão cumprida. Não foi um ano fácil, foi um ano difícil para todos nós, principalmente nós que enfrentamos a pandemia no enfrentamento direto da covid-19, mas Deus nos deu vitória, somos vencedores porque passamos toda essa nuvem mesmo tendo contato direto com o vírus nós trabalhamos para que o menor número possível de pessoas fosse acometido pela doença", apontou Costa lembrando que o município neste período de pandemia acumula 1.874 casos de covid-19 com 26 óbitos, destes 08 são não são do município, reforçando os agradecimentos as empresas que ajudaram com as barreiras com insumos, "E principalmente a imprensa que tem nos ajudado nesse um ano e sete meses e nessa reta final, então hoje nosso último dia junto a secretaria".

Em tom de despedida, Costa frisou que deixará o município de Alta Floresta, onde esteve na gestão da secretaria por um ano e sete meses, mas que há cerca de sete anos está na região do Alto Tapajós prestando serviços relacionados a saúde pública. Mesmo deixando o município os próximos dias, Costa ainda deixa algumas orientações.

"Também não poderia de deixar de fazer a minha última cobrança a população de Alta Floresta sobre a questão da covid-19, nós estamos aí há duas semanas em fase crescente dos contaminados positivados no município de Alta Floresta e isso nos preocupa muito. Tinha comentários de que após a eleição haveria aumento de casos e não foi, foi após o natal, nós temos várias famílias acometidas e em isolamento e isso tem nos preocupado muito, então o que eu quero pedir aqui é que a população evite reuniões de famílias que não são do mesmo convívio, que não é da mesma residência, porque não é momento de a gente estar brincando com o vírus. Tivemos quatro casos esta semana de pacientes que passaram pela nossa unidade e foram direto para o hospital, para a UTI com comprometimento pulmonar já chegando a 70%. Então não é brincadeira, é um vírus que vem e em poucas horas faz um desastre no organismo do ser humano”, destacou Costa.

O pedido a população vem como parte de conscientização, para que medidas drásticas não sejam necessárias. Deixando a pasta e em contato direto com o novo secretário e o prefeito eleito para a gestão 2021/2024, Costa frisa que no estado tem município que já está em estado de calamidade, sem leitos de UTI e sem leitos clínicos, solicitando da população a conscientização neste momento, “Então população, não aglomera, evita festa no final de semana, evita sair à noite, dá um tempo de 14 ou 15 dias, ninguém vai perder seus relacionamentos sociais se ficarem 15 dias sem esse convívio para que realmente o vírus pare essa transmissão e que a gente realmente consiga o ano que vem, com a nova gestão, não ter esse combate, porque é realmente muito preocupante. Não vamos deixar chegar a esse ponto em Alta Floresta, eu sei que a população é uma população consciente e que vai realmente dar esse feedback com essa resposta à altura para a saúde de Alta Floresta”, concluiu Marcelo de Alécio Costa.


Queimada   crime nativa newsBanner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo