Destaques

26/10/2020 05:26 www.tempo.com

Novo calendário de cultivo é proposto para reduzir riscos climáticos

Para reduzir riscos climáticos na produção de grãos no Brasil, pesquisadores latino-americanos, incluindo os da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), utilizaram tecnologia big data para compreender melhor os efeitos dos eventos de El Niño e La Niña na variabilidade da distribuição das chuvas em várias áreas agrícolas do país.

O estudo analisou e cruzou dados de precipitação diária de 50 estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). As estações estão localizadas em municípios dos estados de RondôniaMato GrossoGoiás e Tocantinsresponsáveis por 39% da produção de grãos no país.

As informações também foram associadas a outros dados da Agência Nacional de Águas do Brasil (ANA) e da agência de Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA), através de ferramentas tecnológicas computacionais que analisam grandes volumes de dados, com rapidez e agilidade. Um dos objetivos do estudo foi avaliar os impactos dos fenômenos El Niño e La Niña sobre a dinâmica da estação chuvosa para os cultivos de grãos, soja, milho e arroz nas regiões onde a pesquisa foi realizada.

De acordo com o estudo, no município de Alta Floresta (MT)a fase inicial, ótima e final para semeadura sofreram alteração. O início da semeadura pode ser feito mais cedo em anos que ocorre El Niño e La Niña, em comparação aos anos neutros. Além disso, em anos com El Niño, a janela de semeadura é menor (entre os dias 26 e 30 de outubro), ao passo que, em anos com La Niña, a semeadura pode ser estendida até meados de novembro (dias 16 a 20).

Esse trabalho realizado em Rondônia, Mato Grosso, Goiás e Tocantins também pode ser expandido a outros estados brasileiros e regiões de cultivo. Além de ser útil para melhorar a tomada de decisão de agricultores, governos, seguradoras, indústrias de insumos e outros segmentos envolvidos na produção agrícola.

Futuramente, essa pesquisa deverá estar conectada a sistemas de assistência técnica rural que auxiliam os produtores a diminuir potenciais riscos às lavouras, informou Heinemann.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo