Destaques

05/06/2020 09:17 www.rdnews.com.br

Mais de 20 detentos testam positivo para Covid-19 em Alta Floresta; situação tensa

Após teste para Covid-19, 21 dos 25 reeducandos da Cadeia Pública de Alta Floresta que estavam com suspeita, foram diagnosticados com a doença no município (791 km de Cuiabá). De acordo com a presidente do Sindspen, que representa os servidores do sistema penitenciário, Jacira Maria da Costa, uma equipe de apoio foi enviada à unidade para prestar o suporte necessário. 

Dois agentes penitenciários que cumpriam quarentena por suspeita da Covid-19 também retornaram aos trabalhos hoje (4). Jacira explicou que dois outros servidores que testaram positivo para doença possuem quadro de saúde estável. 

Os detentos que tiveram a confirmação da doença estão isolados dos outros reeducandos. Na mesma unidade de Alta Floresta foi confirmado o primeiro óbito do sistema.

Agentes hostilizados

A presidente do Sindspen ainda criticou o fato de agentes penitenciários serem hostilizados pela população após a confirmação da Covid-19 nas unidades. 

"O que está assustando é a população, que não quer que o juiz solte, por alvará, os presos [contaminados pelo novo coronavírus. Os policiais penais que foram dar apoio estão sendo hostilizados também. Muito preocupante isso ocorrer, nos leva ao passado, onde pessoas eram apedrejadas e até mortas por terem lepra", avaliou. 

De acordo com Jacira, após confirmação da doença em 11 presos, sete foram soltos. No entanto, a decisão teria gerado apreensão na população. "Estão prometendo fazer manifesto em frente à unidade para que não haja mais alvára, principalmente de presos que estejam com a Covid-19". 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo