Cidade

31/03/2021 06:13 Bárbara Sá/RD News

Após dizer podem vir me prender, prefeito faz decreto, mas alega ter mesma opinião

"O que nós prefeitos queremos saber é qual o planejamento para área de sáude do governador Mauro Mendes (DEM)? Fechar o comércio não funcionou, as mortes continuam". O questionamento é do prefeito de Campo Novo do Parecis , Rafael Machado (PSL).

Ontem Rafael se envolveu em polêmica após dizer que "poderiam prendê-lo, pois não ia seguir a ordem judicial". A declaração foi feita horas antes da decisão desembargadora Maria Helena Póvoas, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que determinou que os prefeitos sigam o decreto estadual que fixa medidas restritivas aos 141 municípios, sendo que 50 deles devem fazer quarentena - confira a lista.

Em entrevista ao , nesta terça (30), o prefeito afirmou que continua com a mesma opinião de ontem cedo. "Estamos muito preocupados com a safra que está em plena produção. Não concordamos com o fechamento do comércio. Por não adianta nada fechar se não tivermos um planejamento na área da saúde. Quero saber, não somente eu, mas todos os prefeitos, qual o planejamento do governado Mauro Mendes? ", dispara.

O prefeito explica que já foi notificado logo pela manhã pelo promotor Luiz Gustavo Ferres Schimith sobre a decisão do TJ. E que nesta quarta (31) vai baixar um novo decreto, mas com normas mais rígidas pois, segundo ele, o maior problema da cidade é a aglomeração. "Quando o promotor chegou, ele até brincou; "não viemos prender ninguém", mas a minha opinião continua. Pois um prefeito tem autonomia para decidir sobre o seu município", frisa o gestor, que ainda não estava sabendo que o MPE pediu o seu afastamento.

Rafael argumenta que uma das suas maiores preocupações na cidade é com a aglomeração, pois tem percebido que as pessoas não têm mais medo da Covid-19. "Estamos terminando de elaborar (decreto), mas vamos proibir vendas de bebidas até em supermercados. Porque não adianta nada decretar quarentena se as pessoas vão para rio, chacarás e fazendas onde também ficam aglomeradas.", reclama.

Apesar disso, entende que fazer lockdown não traz resultado efetivo. Por fim, lembra que é contra fechar o comércio, pois as pessoas precisam comer.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo