Agronegócios

13/07/2022 08:09

Concessão da BR-163 é tema de reunião entre produtores, prefeitos e diretoria da ANTT

A concessão da BR-163 foi tema de uma reunião nesta terça-feira (12.07), na sede da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), reunindo produtores rurais, prefeitos, a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o senador Fábio Garcia, entre outras lideranças da região norte.

Conforme o vice-presidente da Aprosoja-MT, Lucas Costa Beber, o objetivo foi mostrar a urgência das demandas por parte das prefeituras e da população com a duplicação da rodovia, que é conhecida como “rodovia da morte” devido o alto índice de acidentes, e também mostrar a importância dela para o escoamento da produção estadual. 

“Na oportunidade, a diretoria da ANTT mostrou o status da assinatura do aditivo na concessão com a CRO (Concessionária Rota do Oeste) para posterior nova licitação. Além disso, nos confirmou a prioridade nas obras das ETCs (Estações de Transbordo de Cargas) para escoamento de grãos na região norte do Brasil, entre elas, de Miritituba (PA)”, destacou o vice-presidente.

O diretor geral da ANTT, Rafael Vitale, disse que está sensível aos desabafos e preocupações das lideranças de Mato Grosso sobre a questão da CRO na BR-163, mas argumentou que, como agência reguladora, possui limites de atuação, no entanto, ele se comprometeu a trabalhar no sentido de resolver os problemas.

“Vamos buscar acelerar o trabalho, com o intuito de diminuir prazos e garantir a assertividade do processo, com o compromisso de levar todas essas informações para o Ministério. Também pretendemos nos aproximar cada vez mais do parlamento, até para conseguir encontrar outros tipos de soluções mais estruturantes a curto prazo, queremos sair daqui de mãos dadas com todos vocês”, disse Vitale.

Para o prefeito de Sorriso, Ariflan Lafin, o prazo de dois anos para uma nova concessão da BR-163 não deveria impedir outras medidas emergenciais na rodovia, de modo a impedir novos acidentes e mortes, além de contribuir com a região que vem crescendo economicamente a um ritmo de 20% ao ano, gerando emprego e renda à população.

“Precisamos que a diretoria da ANTT leve essa mensagem para Brasília, porque, além de preservar vidas, a rodovia é fundamental para potencializar a produção de grãos, de carne e a instalação de novas indústrias, com isso, vamos continuar contribuindo com crescimento para a nação”, pontou o prefeito que colocou o consórcio regional – o Cidesa - à disposição para assumir a administração da rodovia.

O prefeito de Nova Ubiratã, Neninho da Nevada, pediu atenção dos gestores para ações de melhoria na rodovia antes do período chuvoso e ainda cobrou uma alternativa mais rápida para atender as demandas que são antigas para a BR-163.

“A impressão que eu tenho às vezes é de que estamos voltando no tempo, estamos tendo que sair um dia antes para chegar a Cuiabá para poder fazer nossas agendas aqui. Talvez os governos federal, estadual e municipal, bem como entidades do setor produtivo e demais lideranças, precisem sentar juntos para encontrar os meios mais rápidos de dar respostas à população”, enfatizou o prefeito.

Entre as autoridades que participaram estavam também os diretores da ANTT, Guilherme Sampaio e Davi Barreto (e suas respectivas equipes), os prefeitos de Feliz Natal, José Antônio Dubiella, de Itanhangá, Edu Laudi Pascoski, Nova Mutum, Leandro Felix Pereira, de Nova Ubiratã, Edegar José Bernardi, de Santa Rita do Trivelato, Egon Hoepers, além de vereadores, delegados regionais da Aprosoja-MT e outras lideranças da região norte do Estado.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

Logo

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo