Agronegócios

23/05/2022 11:28 Redação I Nativa News

Tecnoalta 2022 tem mais de 1 bilhão 280 milhões de reais comercializados

A feira de tecnologia, máquinas, informações e palestras voltadas para o agronegócio de Alta Floresta, a Tecnoalta, encerrou a sua edição de 2022 no último sábado, dia 21. De acordo com os responsáveis pela organização, mais de 1 bilhão e 280 milhões de reais foram comercializados, somando os 4 dias de evento.

“Foi uma feira extremamente técnica, que motivou a compra através da informação. As três financiadoras presentes no evento estavam prontas para fechar negócios. Os visitantes tiveram acesso a tudo o que há de mais tecnológico no mercado, os defensivos mais recomendados e com as indicações que projetam o futuro do agro e pecuária”, ponderou o responsável pelo Marketing da feira, Mauro Batista.

O evento focado no aprimoramento do pensamento crítico e planejamento do produtor rural contou com a presença do economista, jornalista, educador financeiro e comentarista, Luís Artur Nogueira. O palestrante incentivou os agricultores, com projeções positivas para o futuro do agro no país.

“O agronegócio tem sido um dos principais motores da economia. E como a demanda por alimento no mundo vai continuar crescendo eu não tenho dúvidas sobre o aumento da comercialização. As perspectivas para o futuro são promissoras, independentemente dos resultados das eleições, o Brasil tem tudo para continuar crescendo, entre 2% e 3% já a partir do ano que vem”, afirmou o economista.

O presidente do Sindicato Rural de Alta Floresta, Walmir Coco, destacou que a agricultura está crescendo e tomando espaço, sem prejudicar as demais culturas.



“Nos seis municípios que compõem a nossa região, a gente encontra o crescimento anual de 30% da agricultura. Mas é um aumento sustentável e responsável, sem abrir um palmo de terra. É uma atividade que vem para somar e competir com a pecuária”, pontuou o presidente.

Mesmo com o olhar para o futuro, a Tecnoalta não se esqueceu das suas origens, e com a dupla de humoristas, Tchó e Béppi, confirmaram a presença dos colonos no evento. Além de representar os pioneiros, os italianos contribuíram com a divulgação prévia e com informações durante a feira, por meio do Jornal Colonial.

“A nossa dupla faz uma homenagem para os colonos que são fundamentais para o desenvolvimento do agro, muitas terras aqui do Mato Grosso passam pelas gerações e continuam na família. O colono também quer produzir com tecnologia, agilidade, ele é investidor e luta pelo aumento da produtividade.

É gratificante saber que os organizadores da feira pensaram nele”, concluiu o humorista responsável por interpretar o Bépp, Fabiano Mezzacasa.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
[email protected]

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo