Saúde

07/01/2021 05:50

SES reforça que distanciamento social ainda é única medida eficaz de prevenção à Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) alerta a população mato-grossense para a importância do distanciamento social, visto que o protocolo de biossegurança ainda é a única medida eficaz de prevenção e controle da Covid-19 no Brasil.

Conforme a equipe técnica da SES, após as festas de final de ano, a tendência é de aumento nas notificações dos casos de coronavírus no país e, para desacelerar esse contágio, é recomendável que as pessoas reforcem as medidas de biossegurança e distanciamento.

“Temos observado um aumento gradual no número de casos e, por isso, não se deve abandonar as práticas de higiene. Continuamos vivendo um cenário de pandemia e o coronavírus não tirou férias. Fazemos o alerta para as pessoas que têm condições de ficar em casa que fiquem em casa, porque o distanciamento social ainda é a melhor forma de prevenção que existe em nosso país”, alerta a secretária Adjunta Executiva da SES, Danielle Carmona.

A equipe técnica ainda reforça que, caso a pessoa apresente sintomas – como febre, dor de cabeça, dor de garganta, tosse ou diarreia – após o contato com um grupo de pessoas durante as festas de fim de ano, a recomendação é o isolamento social e a busca pelo auxílio de um serviço de saúde. Nestes casos, será necessário realizar exames e seguir as recomendações do profissional médico.

“Devemos insistir em lavar as mãos com água e sabão ou passar álcool em gel 70%, usar máscara o tempo todo e, sobretudo, manter o distanciamento social. No Brasil, essa ainda é a única forma eficaz de prevenção à Covid-19”, enfatizou o secretário adjunto de Vigilância e Atenção à Saúde da SES, Juliano Melo.

Caso seja confirmado o diagnóstico de coronavírus, é fundamental avisar as pessoas com as quais teve contato nos últimos cinco dias para que elas também procurem uma unidade de saúde e possivelmente façam o isolamento.

Atendimento na Rede SUS

Depoimentos centro de atendimento para a covid 19 Créditos: Christiano Antonucci

O primeiro atendimento para os sintomas leves da doença na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) é realizado na Atenção Básica, em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Programa Saúde da Família (PSF) e Policlínicas.

Com o objetivo de auxiliar a Atenção Básica, que é uma atribuição das gestões municipais, o Governo do Estado, por meio da SES, colocou em funcionamento o Centro de Triagem da Covid-19, na Arena Pantanal. A medida visa à detecção e o tratamento precoces do coronavírus como forma de evitar o agravamento da doença em pessoas que inicialmente apresentam sintomas leves da síndrome respiratória.

No local, são ofertadas consultas, testes e exames. Mediante recomendação médica, o paciente também tem medicamentos à sua disposição. O atendimento no Centro de Triagem ocorre de segunda a sexta-feira, com a distribuição de 500 senhas virtuais por meio deste link (http://triagem.mt.gov.br), e 400 senhas presenciais que são entregues das 6h às 6h45.

Referência para casos graves

Hospital Metropolitano em VG Créditos: Christiano Antonucci

Para os casos graves que necessitam dos recursos de uma internação, a porta de entrada continua sendo as unidades de saúde da rede municipal, que regulam pacientes para os Hospitais de Referência no tratamento da Covid-19.

Na rede Estadual de Saúde, são referências no atendimento de casos graves de coronavírus o Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, e o Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. No interior de Mato Grosso, ofertam o serviço os Hospitais Regionais de Água Boa, Sorriso, Sinop, Alta Floresta, Peixoto De Azevedo, Colíder, Rondonópolis e Cáceres.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo