Regional

17/06/2020 06:53 Andhressa Barboza/RDnews

Produtores cortam abastecimento de leite e protestam contra baixos preços em MT

Revoltados com o preço do litro de leite, fornecedores cortaram o abastecimento para indústrias e o impasse com as empresas já duram 15 dias. Mais de 70% dos produtores de leite da Tahiti Oeste, na região de Vila Bela da Santíssima Trindade (500 km de Cuiabá), suspenderam o fornecimento de laticínios e tiraram os animais do confinamento. Eles se recusam a comercializar o leite a R$ 1,37, valor proposto pelas empresas.

Segundo Cristiano Alvarenga, produtor local, confirma o corte do abastecimento e diz que “desde o início de junho estamos paralisados e muitos tem seguido a mesma decisão”. Ainda não há perspectiva de acordo e alguns já sentem as dificuldades de se manter.

Os produtores consideram o valor oferecido muito baixo e que não cobrem os custos para manutenção do rebanho, custeios e outros investimentos. Eles preferem reduzir as vendas e esperar maior valorização.

Um acordo chegou a ser assinado, uma semana após as paralisações, mas os laticínios não teriam cumprido com os termos e os produtores mantiveram os cortes.

O risco é faltar leite para o mercado interno no estado, pois as exportações de laticínios estão aumentando 22,48% enquanto as exportações estão em 15,69%, segundo boletim do Imea. A tendência é que os produtores de leite comecem a ver o produto ser valorizado, pois os estados do Paraná e Rio Grande do Sul triplicaram suas compras devido ao intenso período de seca que ocasionou perda de produtividade nesse início de 2020.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo