Regional

10/09/2019 07:44 RD News

Delegado revela que investiga se pai da menina envenenada é cúmplice da esposa

O pai da menina Mirella Poliana Chue de Oliveira, de Cuiabá, envenenada aos 11 anos, supostamente pela madrasta, também é investigado pela Polícia Civil. A madrasta foi presa nesta manhã (9). O pai não.

Se confirmadas as suspeitas de que ele tenha participação no crime, pode responder por homicídio qualificado. Um dos delegados responsáveis pelo caso, Wagner Bassi, mantém o nome do homem em sigilo. A madrasta foi identificada como Jaira Gonçalves de Arruda, 45.

Segundo Bassi, Jaira é quem “mandava” em casa. O marido não podia se intrometer. “Tanto que ele a defende. Diz que não acredita que ela tenha feito isso. Assim como ela afirma que não fez”, detalha o delegado que, depois, completa: "a princípio só ela foi presa. Ele continua sendo investigado e no mínimo pode responder por omissão”.

Histórico

A menina, após a morte da mãe no parto, por erro médico, foi criada pelos avós paternos. Mas, um deles morreu em 2017 e o outro no início de 2018.

Desde então, ela foi morar com o pai e a madrasta. “Por coincidência, 2018 foi o ano em que o dinheiro foi liberado (R$ 800 mil)”, ressalta o delegado, se referindo à indenização judiciação decorrente de ação impetrada pelos avós da criança, devido ao erro no parto.

A trama

O delegado Bassi conta que tudo começou com a menina sendo impedida pela madrasta de visitar e receber os familiares tanto maternos quanto paternos.

Em seguida, ela começou a passar mal, devido ao envenenamento silencioso, e foi hospitalizada nove vezes, em dois meses, até morrer em junho deste ano.

Laudo pericial confirmou que o pesticida que a matou é o altamente tóxico carbofurano, de venda proibida no Brasil.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo