Regional

03/02/2019 08:54 OlharDireto

Blitzes para fiscalizar motocicletas serão estendidas no Estado

A ‘Operação Motociclista Vivo’, que tem como objetivo a realização de uma série de blitzes para fiscalizar a regularidade dos veículos que circulam por Cuiabá e Várzea Grande, será estendida durante todo este mês. Além disto, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informou que a ação será levada também para cidades do interior.

Nesta semana, o Detran intensificou as operações que visam a conscientização dos motoristas para um trânsito seguro e a redução de acidentes envolvendo motociclistas. Três ações foram executadas com apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e – conforme o governo - receberam a aprovação de motociclistas.
 
A ação consiste na realização de blitze educativas e fiscalizatórias, com a verificação de condições de regularidade e circulação dos veículos e condutores e também conscientização para normas de conduta e direção defensiva. As blitze continuarão durante todo o mês de fevereiro em diversos pontos de Cuiabá e serão estendidas para as demais cidades de Mato Grosso.
 
O autônomo e morador da região do Grande CPA, Anderson de Souza, acredita que a fiscalização é importante para a conscientização e, principalmente, por ser uma oportunidade para que os motociclistas tirem dúvidas a respeito das questões de segurança no trânsito.
 
“Eu sempre ando corretamente, com todos os itens de segurança, como capacete e calçado correto. Minha documentação também está em dia, mas sabemos que muitos motoristas não têm essa consciência”, contou ele.
 
A funcionária pública Caroline Benedita ratificou a opinião de Anderson ao afirmar que muitos motociclistas insistem em pilotar sem habilitação.
 
“Eles [motoristas desabilitados] trazem perigo ao trânsito e colocam nossas vidas em risco. Por isso, acho esse trabalho muito importante e previne acidentes, com certeza”, disse ela, que é moradora do bairro Novo Horizonte, em Cuiabá.
 
Em 2018, foram registrados 17.973 acidentes em todo o Estado, sendo 9.407 envolvendo motocicletas, o que corresponde a um índice de 52% do total de ocorrências, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).
 
“Nosso objetivo, durante as abordagens, exclusivamente aos motociclistas, é observar se está tudo correto com o veículo, o que inclui itens de segurança, como farol, placas, lacres e a documentação. Além disso, o motorista deve estar utilizando o capacete e portar a carteira de habilitação”, explicou a gerente de fiscalização do Detran, Kerollain Pacheco.
Lei aprovada
Os deputados aprovaram, na última terça-feira (29), projeto de lei do deputado Romoaldo Junior (MDB), que institui jornada de trabalho e cria gratificação por atividade voluntária de fiscalização de trânsito, no âmbito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Com isto, os parlamentares facilitam a realização de blitzes, incluindo a ‘Lei Seca’, já que antes os servidores não recebiam nada por isto.
Lei Seca
O Governo do Estado deverá fechar o cerco contra motoristas que dirigem embriagados em Cuiabá. O novo presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT), Gustavo Vasconcellos, revelou ao Olhar Direto que a ‘Operação Lei Seca’ será realizada três vezes por semana. A intenção é reduzir o número de acidentes e proporcionar uma sensação maior de segurança no trânsito.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo