Regional

07/12/2017 10:20 Carlos Palmeira

Acumulados pela paralisação no Detran, emplacamentos crescem 26% no Estado

Mato Grosso registrou um aumento de 26,5% nas vendas de veículos em novembro na comparação com o mês imediatamente anterior. O número contraria a tendência nacional, que teve uma leve queda, de 0,6%, no mesmo período. Apesar disso, o setor pontua que o resultado positivo em quase 30% apresenta distorções por causa da greve dos servidores do Detran, o que implica que os emplacamentos não realizados durante a paralisação foram contabilizados no atual levantamento.

Os dados foram divulgados na última semana pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No mês recém encerrado, foram emplacados 7,2 mil veículos automotores em Mato Grosso, contra 5,7 mil em outubro. “Esse número não reflete a realidade das vendas, ele é fictício. Tivemos dois meses de greve dos servidores do Detran. Então parte considerável desses emplacamentos são de vendas anteriores que só foram contabilizadas agora”, argumenta Paulo Boscolo, diretor regional da Fenabrave.

Das sete categorias analisadas pela Fenabrave, na comparação entre novembro e outubro, somente os ônibus tiveram baixa (-20%) nas vendas em Mato Grosso. Do outro lado, a maior alta ficou nas carretinhas (+86%) e foi seguida nas negociações de motos (+47,2%), comerciais leves (+18,5%), carros de passeio (+11,6%), implementos rodoviários (+6,6%) e caminhões (+5,1%).

Balanço

Os emplacamentos no acumulado do ano chegam a 65,8 mil. Ao final de novembro de 2016, as vendas alcançavam 68,3 mil, o que indica uma queda de 3,6% em 2017. Para aliviar um pouco a questão, o diretor regional da Fenabrave pontua que o movimento no comércio no último mês do ano deve ser muito forte.

Apesar disso, Paulo defende que dificilmente o saldo desse ano passará o de 2016. Ele explica que no ano passado foram negociados em torno de 76 mil veículos, o que somado com a defasagem dos emplacamentos causados pela greve do Detran faria com que as vendas em dezembro precisassem passar das 10 mil unidades para igualar a 2016, um número “irreal” para Mato Grosso.

A provável piora, contudo, não retira o entendimento do setor de que esse ano marcou um recomeço após a crise financeira que afetou o país nos últimos – pelo menos - quatro anos. “A melhor notícia nesse ano no segmento automotivo, que é o de maior valor agregado, é que as vendas pararam de cair no mês a mês. Isso mostra que já estamos em um viés de recuperação que deve ser muito acentuado em 2018”, diz.

E para tentar fomentar os negócios nesse final de ano, na próxima sexta (8), feriado municipal de Imaculada Conceição de Maria, as concessionárias vão abrir as portas e oferecer condições especiais de compras. A decisão foi tomada em acordo com o sindicato dos trabalhadores, que vão receber a folga posteriormente. As lojas devem abrir em Cuiabá, Várzea Grande e em outras cidades onde a data religiosa é lembrada.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo