Regional

05/12/2017 07:02 Fonte: Só Notícias

Tribunal mantém condenação de motorista de carreta que “prensou” carro e causou morte em Sinop

Os desembargadores da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça mantiveram a condenação de Rodrigo Martins, motorista envolvido no acidente que resultou na morte de Thiago Pena, 32 anos. A colisão entre o carreta Volvo branca, dirigido pelo réu, a carreta bitrem Iveco branca e o Fiat Strada prata, no qual a vítima estava, ocorreu em dezembro de 2012, na BR-163, nas proximidades do Batalhão de Polícia Militar.

Em junho do ano passado, Rodrigo foi condenado pela juíza da 1ª Vara Criminal de Sinop, Rosângela Zacarkim, a dois anos de prisão e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por dois meses. A magistrada, no entanto, substituiu a pena por uma hora de prestação de serviços comunitários por dia. Também determinou “limitação de final de semana” para o réu.

Por meio da Defensoria Pública, Rodrigo recorreu alegando falta de provas de “que agiu com imprudência”. Ele também justificou que a juíza “não teria levado em consideração outros fatores que contribuíram para o infortúnio, a exemplo da obstrução da via em que ocorreu o acidente”. Ainda destacou que é motorista profissional, “de modo que a suspensão do direito de dirigir, por certo, colocaria em risco a sua situação financeira”.

Os desembargadores, porém, não aceitaram os argumentos. Para o relator, desembargador Pedro Sakamoto, o motorista “agiu com imprudência na condução de seu veículo automotor, haja vista que dirigia em velocidade superior à da via (80 km/h), em flagrante desrespeito à sinalização que indicava a velocidade máxima permitida para o local (60km/h)”. Além de não aceitarem o pedido de absolvição, os magistrados também não acataram a solicitação para evitar a suspensão da CNH.

De acordo com o depoimento do motorista do bitrem, que estava a frente da Strada, havia uma fila de veículos no local e o trânsito estava lento, no momento em que ele ouviu e sentiu um choque na traseira da carreta que conduzia. Ao sair para ver o que era, viu o Fiat Strada “prensado” entre seu bitrem e uma carreta de uma indústria de armários e pias de Araruna (PR), dirigido por Rodrigo.

No Fiat Strada também estava Mayara Cardoso Rezende, 19 anos, como passageira. Ela ficou gravemente ferida após ser arremessada do veículo, e foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros para o Pronto Atendimento. A jovem, porém, sobreviveu ao acidente. Thiago foi trasladado para Marcelândia, onde foi velado na sede da câmara dos vereadores. Ele foi sepultado no município.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo