Política

02/08/2016 07:56

Empresária em MT tem pescoço cortado após assalto em joalheria

A Loja Carmem  D’Lamonica, uma das mais conceituadas no ramo de jóias em Cuiabá, foi alvo dos bandidos na manhã de sábado (30), no bairro Goiabeiras. Segundo informações da vítima, dois bandidos armados invadiram o local, roubaram R$ 50 mil em ouro, diamantes e relógios e ainda cortou o pescoço da proprietária exigindo que ela mostrasse o caminho do cofre.

O ato de terror e pânico ocorreu por volta das 10h30, quando o local recebia vários clientes e estava em total funcionamento. Segundo a empresária Carmem Regina Bezerra de Lamonica Freire, 58 anos, há dois anos ela contratou um adolescente para trabalhar com ela pelo programa Jovem Aprendiz.

A mãe desse adolescente também é funcionária do local, porém o período de contrato expirou e ele se desligou da empresa. Esse jovem, conhecido como Adilson, foi um dos mentores e executores do ataque a loja de joias de grife.

Esse suspeito Adilson chegou na porta da loja e disse que precisaria falar com o ourives da loja. Atendendo o pedido, a porta foi aberta e desde então começou o assalto. “Ele entrou na loja e já anunciou que aquilo seria um assalto. Seu comparsa entrou em seguida, também armado e disse que era para todos da loja deitarem com o rosto para o chão. Ele dizia toda hora que se alguém olhasse para o rosto deles, todos iriam morrer“, comentou a proprietária.

Num momento de maior nervosismo, um dos bandidos segurou a proprietária da loja pelos braços e com uma faca cortou o pescoço da mulher. Segundo médicos que fizeram atendimentos da vítima, ela teve que levar 14 pontos e por pouco o corte não atingiu a jugular, o que viria a matar a proprietária.

Não satisfeito com o corte na parte da frente do pescoço, o bandido ainda cortou a parte da nuca da empresária, que sangrou muito dentro do próprio estabelecimento comercial. Todo ato de tortura foi realizado na frente dos clientes e funcionários da loja. Muito nervosos e xingando as pessoas presentes, Adilson foi até uma sala, que é considerado compartimento secreto da loja, e recolheu todas as jóias que lá estavam. Até a bolsa com amostras foi levada pelos bandidos. O total do prejuízo ultrapassa o valor de R$ 50 mil, segundo a cliente. O local era conhecido do jovem, que trabalhou no local.

Antes de fugirem, todos os celulares e jóias dos clientes foram recolhidos e colocados em uma bolsa. Na fuga, eles usaram uma moto para sair da joalheria. Rapidamente, após ação dos criminosos, a proprietária do local foi levada para um hospital, onde recebeu pontos no pescoço e segue em estado de repouso por conta da tentativa de homicídio e roubo que sofreu.

Essa é a segunda vez que o local é alvo dos bandidos. Em 2011 dois bandidos, vestidos com uniforme da Rede Cemat invadiram o local e roubaram as joias do mostruário. As características dos assaltantes foram repassados para os policiais da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Cuiabá de Cuiabá. Nenhum dos bandidos ainda foi localizado. >

Fonte: HiperNoticias


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo