Política

27/07/2016 06:51

6 cidades de MT terão campanhas milionárias nestas eleições

Seis municípios de Mato Grosso poderão ter campanhas milionárias na eleição deste ano para concorrer às Prefeituras de Água Boa, Lucas do Rio Verde, Sinop, Barra do Garças, Primavera do Leste e Rondonópolis. Ao todo, os futuros candidatos têm possibilidade de “torrar” R$ 10,2 milhões.


Estas cidades se juntam a Cuiabá e Várzea Grande, onde os postulantes estão autorizados a gastar até R$ 9 milhões e R$ 2,7 milhões, respectivamente. Com adesão dos municípios vizinhos, o total sobe para R$ 30 milhões. O montante ultrapassa o que Pedro Taques (PSDB) declarou ter gasto na campanha vitoriosa ao Palácio Paiaguás, em 2014, equivalente a R$ 29,5 milhões.
Dos municípios do interior, Rondonópolis é o que terá o maior teto, sendo R$ 2,5 milhões. Para este ano a cidade tem como pré-candidatos o atual prefeito Percival Muniz, que apesar de não admitir deve concorrer à reeleição; o vice Rogério Salles (PSDB); e o deputado estadual Zé Carlos do Pátio (Solidariedade).


Em Lucas do Rio Verde, onde o pré-candidato poderá gastar até R$ 2,3 milhões, o cenário ainda está indefinido. O prefeito Otaviano Pivetta (PSB), apesar de ser considerado pela revista Forbes o quarto político mais rico do país, com patrimônio avaliado em R$ 100 milhões, não irá à reeleição.


Pivetta explica a definição de quem irá apoiar só deve ocorrer próximo ao término das convenções, que acontece em 5 de agosto. O vice Miguel Vaz (PPS) é o mais cotado para receber apoio de Pivetta. Além dele, o PSD tem como pré-candidato o empresário e produtor Floris Luiz Binotti.
Em Primavera do Leste, estipulado limite de R$ 1,9 milhão, a disputa também segue indefinida. De um lado, o prefeito Érico Piana (DEM) ainda não se manifestou acerca da possível reeleição. Do lado da oposição, o deputado Zeca Viana (PDT) viu seu irmão ex-prefeito Getúlio Viana (PSB) ser enquadrado na lei da Ficha Limpa, o que até agora o impossibilita de disputar o pleito deste ano.


Os futuros candidatos de Barra do Garças poderão gastar R$ 1,3 milhão. No município da região do Araguia, a disputa possui quatro candidatos, sendo eles o prefeito Beto Farias (PMDB), Sandro Saggin (DEM), o vereador Odorico Ferreira Cardoso, o Professor Kiko (PT); e o engenheiro Lincoln Campos (Solidariedade).


Já em Sinop e Água Boa poderão gastar quase a mesma quantia, respectivamente, R$ 1 milhão e R$ 965 mil. Em Sinop, a principal pré-candidata é a vice-prefeita Rosana Martinelli (PR). Em Água Boa, o prefeito Mauro Rosa, o Maurão (PSD), sinalizou que disputa a reeleição.


Vereadores
Os futuros candidatos a vereador terão o maior teto de gasto em Sinop, onde poderão ter despesas de até R$ 102,7 mil. A cidade é seguida por Rondonópolis (R$ 93,3 mil), Primavera do Leste (R$ 89,5 mil), Lucas do Rio Verde (R$ 88,8 mil, Barra do Garças (R$ 83,7 mil) e Água Boa (R$ 45,7 mil).

Agência da Notícia 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo