Esporte

07/01/2017 20:06

Africanos devem manter hegemonia em pódios na Corrida de Reis 2017

Os atletas africanos devem estender a hegemonia na 33ª Corrida de Reis. Poucos meses após os Jogos Olímpicos, realizados no Rio de Janeiro, em agosto de 2016, nenhum atleta brasileiro despontou como competidor ao título da tradicional prova de atletismo em Cuiabá que será realizada neste domingo (8). Tanto nas provas feminina e quanto na masculina os africanos aparecem como favoritos. As últimas vitórias de brasileiros na competição ocorreram am 2007, no feminino, e 2008, no masculino.

As quenianas têm levado o troféu desde 2008, e na edição deste ano, elas continuam sendo as favoritas. Esther Chesang Kakuri, que ficou na quarta colocação na São Silvestre do ano passado e Emmaculate Jebet serão as representantes do Quênia.

A sombra das quenianas será a Failuna Matanga, ela é a atual vice-campeã da prova, e após conquistar o quinto lugar na São Silvestre 2016, a tanzaniana busca interromper o legado das quenianas. A mato-grossense Nadir Sabino é a brasileira com maior chance de conquistar a prova. A atleta de 47 anos é a maior vencedora da prova, são cinco vitórias (1989, 1990, 1992, 1996 e 2005).

No masculino, os africanos têm ampla vantagem correndo em Cuiabá. Há oito anos são vistos no lugar mais alto do pódio na tradicional prova em Mato Grosso. São cinco vitórias para Quênia (2011, 2012, 2013, 2014 e 2016) e três para a Tanzânia (2009, 2010 e 2015). O etíope Dawit Fikadu (2ºcolocado na São Silvestre 2016), os quenianos Willian Kibor (5ºcolocado na São Silvestre 2016) e Paul Kikpkori (6ºcolocado na São Silvestre 2016), o tanzaniano Gabriel Gerard Geay (9ºcolocado na São Silvestre 2016) e os brasileiros Giovani dos Santos (4ºcolocado na São Silvestre 2016) e Wendel Jeronimo (4ºcolocado na Corrida de Reis 2016) lideram as apostas.

Dez quilômetros serão percorridos pelos mais de 15 mil corredores profissionais e amadores na edição 2017 - número de inscrições semelhante ao do ano passado. A distância do percurso é homologado pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) e FAMT (Federação de Atletismo de Mato Grosso).

A largada será próxima a Ponte Sérgio Motta, em Várzea Grande, e a chegada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA), em frente à Praça das Bandeiras, em Cuiabá. Nesta edição, foram abertas 15 mil inscrições que se esgotaram em apenas 41 minutos.

A Corrida de Reis será transmitida ao vivo pela TV Centro América e pelo  site GloboEsporte.com/tvca, a partir das 7h30, com a narração de Flávio Santos. A primeira largada será às 7h para os atletas especiais. Às 7h15 é a vez da elite feminina. Às 7h30 é a hora da elite masculina e pelotão geral.    

Premiação

A premiação da prova segue alta para os primeiros colocados. Os vencedores masculino e feminino irão levar para casa um carro 0km. O pódio de prêmios se estende até o 5º colocado que leva R$ 1 mil.


Masculino

1º Lugar - Troféu + 1 carro 0Km
2º Lugar – Troféu + R$ 4.000,00 
3º Lugar – Troféu + R$ 2.500,00 
4ºLugar – Troféu + R$ 1.500,00 
5º Lugar – Troféu + R$ 1.000,00

Feminino

1º Lugar – Troféu + 1 carro 0Km
2º Lugar – Troféu + R$ 4.000,00
3º Lugar – Troféu + R$ 2.500,00
4º Lugar – Troféu + R$ 1.500,00
5º Lugar – Troféu + R$ 1.000,00

Com Globo Esporte


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo