Entretenimento

01/06/2020 14:19 Lance!

Disney assume Fox Sports com dívida de R$ 120 milhões; entenda números

A expectativa era de que a Libertadores, NFL, La Liga e muitos campeonatos esportivos que levam os torcedores ao delírio estivessem juntos na mesma emissora após a decisão do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de unir "ESPN Brasil" e "Fox Sports". Contudo, a realidade financeira em que a Fox foi deixada pode se tornar um problema à Disney, nova dona do canal.

Segundo dados levantados pelo "UOL", os balanços financeiros dos últimos anos da empresa já não caminhavam bem depois de fracassos monetários com a Copa do Mundo na Rússia, em 2018 - o que motivou a demissão de Arnaldo Rosa, então vice-presidente comercial. Entre 2016 e 2019, a emissora acumulou um prejuízo de R$ 120 milhões.

Fundado em 2012, a Fox Sports nasceu com a intenção de brigar com "SporTV" e "ESPN Brasil" pela audiência do esporte na TV fechada. Segundo o "UOL", o canal até conseguiu manter bons números dos balanços até 2015. A partir de 2016, os valores milionários que se acumularem foram decisivos para a decisão do Cade.

Um dos maiores problemas enfrentados pela emissora foi durante a Copa do Mundo de 2018. Sem conseguir fechar todos os pacotes de patrocínio, o vice-presidente comercial Arnaldo Rosa foi demitido por não atingir as metas previstas.

Em 2019, a Fox Sports comprou o melhor pacote de direitos de transmissão da Libertadores da América na TV por assinatura e teve a final da competição com exclusividade, além da Copa do Nordeste e Liga Europa. Foram gastos R$ 314 milhões com pagamentos em competições.

Os gastos com operações somaram R$ 88 milhões. No total, em 2019, a emissora acumulou cerca de R$ 401 milhões, um valor bem elevado para um canal por assinatura.

Com uma base de assinantes perto dos R$ 10 milhões, recebendo um valor de R$ 2,50 por cada assinatura das operadoras no ano passado, a emissora conseguiu R$ 300 milhões. O problema foi a baixa vendagem publicitária: apenas R$ 50 milhões. Ou seja, o orçamento ficou em R$ 350 milhões, o que fez a emissora ter um prejuízo de R$ 51 milhões, o maior entre 2016 e 2019. Nos outros três anos, o déficit somado foi na casa de R$ 69 milhões. Com isso, a Disney pegou a Fox Sports devendo R$ 120 milhões.

Custos com direitos de transmissão 2019: R$ 314 milhões/ano;

Base de assinantes: 10 milhões;

Receita com assinantes em 2019: R$ 300 milhões/ano;

Receitas com publicidade: R$ 50 milhões em 2019;

Gastos com operação (gastos de pessoal, modernização etc): R$ 87 milhões/ano;

Porcentagem de audiência do Fox Sports nos canais Fox em 2019: 26%;

Valor recebido por assinante: R$ 2,50;

Valor proporcional ao que recebia com todos canais Fox: 50%;

Custo anual: R$ 401 milhões;

Receita anual: R$ 350 milhões;

Déficit em 2019 de R$ 51 milhões;

Prejuízo entre 2016 e 2018: R$ 69 milhões;

Média prejuízo/ano entre 2016 e 2019: R$ 30 milhões;

Dívida acumulada: R$ 120 milhões.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo