Entretenimento

06/04/2018 11:57

Teatro Experimental de Alta Floresta acompanha programação dos 40 anos do Grupo “Ói Nóis Aqui Traveiz”

O ator e membro do Teatro Experimental de Alta Floresta, Ronaldo Adriano, acompanhou parte da programação destinada às comemorações de 40 anos de fundação do grupo teatral rio-grandense ‘Ói Nóis Aqui Traveiz’, em Porto Alegre/RS. A participação nas atividades é um desdobramento do Curso de Gestão e Manutenção de Espaços Culturais, promovido no início do mês de dezembro de 2017 na sede do Teatro Experimental de Alta Floresta, com orientação de Paulo Flores que é um dos fundadores do grupo gaúcho.

Na ocasião reflexões sobre as formas de articular os desejos, as imposições da realidade e as necessidades que movem o TEAF enquanto grupo teatral, foram pautas do encontro, marcado também pelo diálogo com um grupo que possui um imensurável acúmulo de experiências que inspira e estimula muitos fazedores de teatro e o Teatro Experimental, na sua busca de manter-se ativo enquanto grupo artístico e mantenedor e programador de um equipamento cultural que se propõe a difundir arte e cultura.

A programação comemorativa, realizada entre 24 a 30 de março de 2018, contou com apresentações do premiado espetáculo de vivência “Medeia Vozes”, do espetáculo de teatro de rua “Caliban – A Tempestade de Augusto Boal” e da performance “Onde? Ação nº2”, além do lançamento do livro “Tânia Farias – O Teatro é um Sacerdócio” de Fábio Prikladnicki. Ronaldo Adriano encara a experiência como algo singular e um extraordinário estímulo para que o TEAF continue na batalha. “Pra mim a coisa mais importante foi entender como é a relação do grupo com o espaço deles e de como o espaço é apropriado e colocado totalmente a serviço do trabalho artístico.

Não tenho dúvidas de como eles colaboram com a gente em se tratando de nossa busca por compreender, construir e manter nossa sede”, pontua. Para Adriano, ter participado das atividades lhe permitiu ter a certeza sobre a necessidade de fortalecer ainda os Territórios de Cultura e Arte. “Os tempos atuais exigem esmero para mantermos vivos espaços como o nosso (Espaço Cultural TEAF) e o deles (Terreira da Tribo) que são como trincheiras de resistência, mesmo que muita gente, governantes e setores da sociedade não consigam perceber e/ou tentem esconder”. E conclui “Esse tipo de encontro é como combustível que nos retroalimenta e nos faz continuar na perseverança”. Esta ação faz parte do projeto Ponto de Cultura Espaço Cultural TEAF, conveniado com a Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, em parceria com o Ministério da Cultura.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo