Educação

24/03/2021 06:11 Carolina Holland | Seduc-MT

Todos os professores da rede estadual terão notebook e internet paga por três anos

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira (23.03), o Projeto de Lei 196/2021, do Governo de Mato Grosso, que vai custear notebooks e planos de internet para 15.890 professores da rede estadual de ensino.

A ajuda de custo é de até R$ 6.020 por servidor e será repassada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) com o objetivo de amenizar os efeitos da pandemia de Covid-19 na educação básica.

A proposta que consta da Mensagem 35 do Poder Executivo agora segue para sanção do governador Mauro Mendes, que já antecipou que a ajuda de custo será regulamentada por meio de um decreto.

A previsão é que até o dia 31 de março o dinheiro estará na conta de todos os profissionais.

Com a lei aprovada, professores (efetivos e temporários), diretores escolares, coordenadores pedagógicos, assessores pedagógicos, diretores e coordenadores regionais vão receber, em parcela única direto na conta bancária, R$ 3.500 para a compra de computador portátil. A verba restante será para custear até 3 anos de pacote de internet, ou seja, 36 parcelas de R$ 70.

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto enfatiza que essa ação demonstra, mais uma vez, que o governo de Mato Grosso está empenhado em melhorar o ensino e a aprendizagem dos estudantes, que foram afetados por causa da pandemia.

“A educação em Mato Grosso tem os maiores investimentos já feitos. E esse é mais um grande passo. Vamos garantir, com essa ação, que todos os professores tenham computador e internet de qualidade para melhorar o ensino não presencial. Com isso, é claro que o ensino será melhor e, consequentemente, a aprendizagem”.

Regras

O projeto estabelece que os servidores que receberem a ajuda de custo terão que apresentar nota fiscal da compra de um notebook novo em até 60 dias. Caso isso não ocorra, deverão devolver o dinheiro recebido, por meio de desconto na folha de pagamento em até 6 parcelas.

Os servidores ficarão responsáveis pela qualidade e conservação do notebook, não poderão permitir que ele seja usado por terceiros e nem alienar o aparelho, e terão que cumprir protocolos de utilização que serão estabelecidos pela Seduc-MT. 

Já os professores em contrato temporário terão que usar o computador portátil em regime de comodato gratuito, e deverão devolvê-los ao Estado em perfeito estado de conservação.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo