Economia

05/01/2021 09:22 HENRIQUE FAERMAN I AGÊNCIA CANALENERGIA,

Consumo de energia teve queda de 1,8% em novembro, afirma EPE

Levantamento mostra primeira retração na demanda total de energia desde agosto, puxada pelo segmento comercial no Sudeste e Nordeste

O consumo de energia elétrica no Brasil atingiu 40.986 GWh no mês de novembro de 2020, redução de 1,8% em relação ao mesmo período de 2019. Essa foi a primeira queda na demanda total desde agosto, puxada pelas classes comercial e outras, em especial nas regiões Sudeste e Nordeste, informa a resenha mensal da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). No acumulado do ano soma-se 473.062 GWh, demonstrando uma variação negativa de 1,6% e revertendo pela primeira vez desde agosto a tendência observada de atenuação das reduções.

Com 3,6%, a indústria apresentou o maior consumo no mês desde 2014, seguindo em expansão pelo quarto mês consecutivo em todas as regiões do país, com destaque para Sul, com 6,1% e Sudeste, 3,5%. Novamente os segmentos metalúrgico e fabricação de produtos minerais não metálicos foram os responsáveis pelos maiores incrementos no consumo, seguidos pelo segmento de produtos químicos.

Já a demanda residencial teve aumento 2,8%, depois de uma sequência de quatro meses com crescimento elevado. Ainda que se considere a taxa de cerca de 4%, ajustada de modo que o ciclo de faturamento atual fique equivalente ao do ano anterior, o aumento em novembro foi mais moderado que nos últimos meses.

Os desempenhos mais fracos foram nas regiões Sudeste e Sul, com 0,5% e 1,9%, onde temperaturas mais amenas, principalmente no SE, contribuíram para arrefecer o consumo. As demais regiões apresentaram crescimento acima da média nacional: Nordeste, 4,5%, Centro-Oeste 7,2% e Norte 10,9%.

Por sua vez o consumo comercial continua sendo afetado pelo distanciamento social imposto pela pandemia, variando negativamente em  12,2%. Além disso, a classe também sofreu o impacto de temperaturas mais brandas no período, provenientes do fenômeno climático La Niña. Todas as regiões apresentaram retração, sendo as maiores no Sudeste e Nordeste com 14,4% e 13,9%.

As regiões do país registraram desempenho heterogêneo quanto ao consumo total, com o Norte variando 2,8% positivamente, acompanhado pelo Sul, com 0,9% e pelo Centro-Oeste, com 0,6%, enquanto o Nordeste e o Sudeste registraram desempenho negativos de 4,1% e 2,9%. Em variação absoluta do consumo, os destaques foram o SE, com recuo de 605 GWh, praticamente revertendo o avanço que havia registrado em outubro, e o NE, com queda de 301 GWh.

Quanto às modalidades de contratação, o mercado livre apresentou crescimento de 8,7% no mês, enquanto o consumo cativo das distribuidoras de energia elétrica recuou 7%.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo