Economia

26/01/2017 13:00

Juro do rotativo do cartão de crédito sobe para 484,6% ao ano e bate novo recorde

O juro médio total cobrado no rotativo do cartão de crédito subiu 2,4 pontos porcentuais de novembro para dezembro do ano passado, informou o Banco Central. Com a alta na margem, a taxa passou de 482,2% ao ano em novembro para 484,6% ao ano em dezembro. Esta é a maior taxa da série histórica do BC para o rotativo do cartão de crédito, iniciada em março de 2011.

O juro do rotativo é a taxa mais elevada desse segmento e também a mais alta entre todas as avaliadas pelo BC, batendo até mesmo a do cheque especial. A taxa desta última caiu de 330,6% para 328,6% ao ano na comparação mensal.

No caso do parcelado, ainda dentro de cartão de crédito, o juro caiu 1,6 ponto porcentual de novembro para dezembro, passando de 155,4% ao ano para 153,8% ao ano.

Em dezembro, o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciaram que as regras do crédito rotativo vão mudar. A intenção é fazer com que, após um mês no rotativo, o cliente tenha sua dívida automaticamente transferida para o parcelado, que possui taxas de juros menores.

A mudança vinha sendo formulada pelo Banco Central este ano e precisará ser aprovada no Conselho Monetário Nacional (CMN). O conselho reúne-se na manhã desta quinta-feira (26) e suas deliberações devem ser divulgadas no fim do dia, após as 18 horas.

Estadão


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo