Destaques

Tinho Costa Marques/Assessoria 19/09/2020 05:23

Procurador Geral de Justiça realizou reuniões com promotores dos polos de Alta Floresta e Cáceres

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, realizou nesta sexta-feira (18) mais duas reuniões virtuais, previstas para o segundo semestre de 2020, da Comissão de Apoio Institucional com promotores que atuam em comarcas dos polos de Cáceres, pela manhã, e de Alta Floresta, à tarde. Essas reuniões, iniciadas no primeiro ano de gestão, têm o objetivo de ouvir demandas das promotorias do interior, apresentar medidas adotadas para atendê-las e detalhar iniciativas estratégicas da Procuradoria Geral de Justiça visando melhorar a atuação do Ministério Público Estadual.


O procurador-geral destacou entre as iniciativas da sua gestão a reestruturação da área de planejamento da instituição, com investimentos em tecnologia e pessoal, melhorias na estrutura física das unidades do MP e a aprovação, pelo Colégio de Procuradores, de proposta de sua iniciativa elevando a entrância de promotorias, resultando em racionalização de custos e uma movimentação mais célere da carreira dos promotores, uma antiga reivindicação dos membros da instituição.


“As mudanças no Departamento de Planejamento, colocando profissionais altamente qualificados e investindo em novas tecnologias, atende a recomendações do Conselho Nacional do Ministério Público, que cobrava uma ação mais efetiva nessa área, colocando efetivamente em prática o que é planejado”, justificou José Antônio Borges Pereira.


A promotora Auxiliar da PGJ, Hellen Uliam Kuriki, que coordena a área de planejamento, abordou a execução do Planejamento Estratégico 2020-2023 e a reestruturação do Deplan, com a criação de um Núcleo de Estatística, do Banco Estadual de Projetos e do Escritório de Processos, entre outras iniciativas.


“Estamos promovendo uma mudança de cultura organizacional, modernizando os processos de gestão, padronizando procedimentos, investindo em tecnologia. Isso nos permite fazer um acompanhamento da execução daquilo que foi planejado”, explicou a promotora.


Hellen Kuriki também destacou medidas adotadas pela atual gestão para fazer frente à nova realidade imposta pela pandemia da Covid-19, que criou um cenário de incertezas em relação à dotação orçamentária e financeira da instituição.


“Adotamos medidas de contingenciamento, principalmente na área administrativa, revisando contratos, revendo investimentos e gastos com custeio para nos prevenir caso houvesse uma redução no duodécimo, o que acabou não acontecendo. Mas, mesmo assim fazemos revisões periódicas do orçamento”, relatou a promotora, destacando ainda que o MP já elaborou o Plano de Trabalho Anual (PTA) de 2020, que foi encaminhado ao Governo do Estado para, de lá seguir para votação na Assembleia Legislativa.


CUIDADO COM PESSOAS – Já a promotora Auxiliar da PGJ Claire Vogel Dutra fez uma apresentação da criação do programa “Vida Plena – MPMT Pensando em Você”, coordenado por ela e voltado para a promoção da qualidade de vida e da saúde física e mental dos membros, servidores e colaboradores da instituição.


A promotora detalhou os investimentos na melhoria de espaços físicos, na aquisição de cadeiras ergométricas e o desenvolvimento de atividades voltadas para a saúde das pessoas. “Realizamos uma grande pesquisa de clima organizacional, que nos apontou os problemas de saúde mais frequentes e as demandas dos nossos colaboradores. Isso subsidiou diversas ações de melhoria da saúde e qualidade de vida. Queremos cada vez mais humanizar nossa gestão”, explicou Claire Vogel Dutra.
O procurador-geral de Justiça José Antônio Borges Pereira recordou que, nas reuniões realizadas presencialmente antes da pandemia, ele e os integrantes do programa Vida Plena se reuniram com os servidores das comarcas dos polos para ouvir suas demandas e apresentar projetos da gestão voltados para a categoria. Ele aproveitou a oportunidade para solicitar que sua assessoria procure o Sindicato dos Servidores do MPMT para organizar reuniões virtuais também com os servidores, no mesmo molde das que vêm sendo feitas com os membros.
O Polo 3, de Cáceres, é integrado pelas promotorias de Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Rio Branco, São José dos Quatro Marcos, Pontes e Lacerda, Comodoro, Araputanga, Vila Bela da Santíssima Trindade e Jauru. Já o Polo 7, de Alta Floresta, é composto pelas comarcas de Apiacás, Nova Monte Verde, Paranaíta, Colíder, Nova Canaã do Norte, Terra Nova do Norte, Itaúba, Peixoto de Azevedo, Matupá e Guarantã do Norte.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo