Destaques

10/09/2020 06:17 CAMPO GRANDE NEWS

Carretas de Alta Floresta e Nova Monte Verde são apreendidas com madeira ilegal em MS

Cinco carretas carregadas com madeira foram apreendidas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) durante fiscalização na rodovia MS-306, em Costa Rica, a 305 quilômetros da Capital. Juntas, as apreensões totalizaram 176,29 m³ de madeira irregular e resultaram em R$ 54 mil de multas para empresas registradas em três municípios do Mato Grosso. 

Segundo a PMA, além de problemas na documentação, que não constava itinerário de deslocamento – informação que serve para evitar que se retirem madeiras ilegais de outros locais com o mesmo documento -, havia excesso de carga em relação ao peso apresentado em nota fiscal.

Em uma das carretas, Scania, que fazia o percurso Monte Verde (MT) para Indaiatuba (SP), foram encontrados 41,043 m³ de madeira.  Em outro veículo da mesma marca, que fazia o mesmo percurso, eram transportados 32,308 m³ de madeira. As empresas responsáveis pelas duas cargas foram multadas em R$ 12,6 mil e R$ 9,9 mil, .

Em uma das carretas, Scania, que fazia o percurso Monte Verde (MT) para Indaiatuba (SP), foram encontrados 41,043 m³ de madeira.  Em outro veículo da mesma marca, que fazia o mesmo percurso, eram transportados 32,308 m³ de madeira. As empresas responsáveis pelas duas cargas foram multadas em R$ 12,6 mil e R$ 9,9 mil, .


Também foi apreendido caminhão marca Iveco que carregou na cidade de Alta Floresta (MT) e seguia para Indaiatuba (SP) transportava 26,068 m³ de madeira. Outro veículo marca Volvo, que também saíra de Alta Floresta e seguia para São Paulo (SP) transportava 32,25 m³.


As empresas, ambas com domicílio jurídico em Alta Floresta, foram autuadas administrativamente em R$ 8,1 mil e R$ 9,9 mil.vPor último, um caminhão com carreta Bitrem que fora carregado em Novo Progresso (MT) e seguia para Atibaia (SP) também foi apreendido e a empresa, com domicílio jurídico em Novo Progresso, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 13,5 mil.


Todos os veículos e cargas apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, juntamente com os motoristas e os responsáveis pelas empresas responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção. 


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo