Destaques

04/08/2020 20:03 Só Notícias/Marco Stamm

PSDB-DEM fecham acordo, Leitão disputará o Senado com Julio na 1ª suplência e PL indica o 2º

O Democratas e o PSDB voltaram a conversar e podem compor chapa para a eleição suplementar ao Senado em novembro. Hoje pela manhã, o ex-prefeito de Sinop e ex-deputado Nilson Leitão (PSDB) se reuniu com o ex-governador Júlio Campos (DEM) e selaram um acordo para o tucano encabeçar a chapa tendo Júlio como suplente e um indicado pelo Partido Liberal (PL) indicar o segundo suplente. A reunião foi no escritório do senador Jayme Campos (DEM), em Várzea Grande, e contou com a participação do deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) e do prefeito de Sorriso, Ari Lafin (PSDB), além de outras lideranças dos partidos.

“Acabamos de terminar uma reunião para fazermos uma possível composição tendo o Nilson como titular, eu como primeiro suplente e outro nome indicado pelo PL, do senador Wellington Fagundes, como segundo suplente. Já conversamos com o presidente do Democratas, Fábio Garcia, e o partido deve se reunir no final de semana. Se aprovar, esta deve ser a composição”, afirmou Júlio Campos ao Só Notícias.

Júlio explicou que abriu mão da candidatura em virtude da pandemia do novo Coronavírus. Além da idade, ele tem um fígado transplantado e está no grupo de risco. “Com a minha condição de saúde, eu sou transplantado, fazer uma campanha nesta pandemia não é aconselhável. Como suplente é mais fácil, pois não precisarei estar tão presente nas ruas”, explicou.
Desde ontem os grupos ensaiavam uma reaproximação. Nilson e Júlio visitaram o gabinete de Dilmar na Assembleia e deram início às conversas. Júlio avalia que, se a composição for efetivada, a chapa terá musculatura suficiente para vencer o pleito, já que ele e o tucano lideravam as pesquisas feitas em março, antes de a eleição ser cancelada por causa da pandemia.
À época, Nilson e Júlio eram candidatos e foram aprovados em convenções realizadas pelos seus partidos. Antes, eles já tentaram uma composição, mas nenhum abriu mão. Na atual condição, o acordo tende a ser selado.

A eleição suplementar vai escolher o substituto da ex-juíza Selma Arruda (Podemos), cassada em dezembro do ano passado por abuso de poder econômico e prática de caixa 2. A votação estava marcada para 26 de abril, mas com a chegada do Coronavírus no Brasil foi adiada e será realizada junto com as eleições municipais, em novembro.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo