Destaques

11/08/2017 08:00 Eliza Gund/Nativa News

Justiça decreta prisão de acusado de matar funcionário da Energisa em Paranaita

Nesta semana foi decretada, pela Justiça, a prisão de Wilson Campanharo. A Polícia Civil procura agora o agricultor de 51 anos, acusado de cometer um homicídio qualificado na zona rural do município de Paranaíta.

Segundo registro da Polícia Civil, Wilson executou o jovem Gilmar Francisco de Oliveira, de 32 anos, no dia 24 de julho. A vítima, trabalhador da Energisa, realizava a religação da energia elétrica na residência do suspeito, que havia sido desligada durante a manhã.

Leia Mais: Funcionário da Energísa é morto a tiros em Paranaíta por cortar energia de casa

O homicídio foi cometido na frente de testemunhas. De acordo com a polícia, testemunhas relataram que o agricultor havia ingerido bebida alcoólica no decorrer do dia, o crime foi registrado pouco após as 16 horas. A arma de fogo utilizada para cometer o crime, uma espingarda calibre 12, foi encontrada e apreendida.

Gilmar Francisco foi atingido no abdômen e faleceu no local.

Quem tiver informações concretas sobre o paradeiro de Wilson Campanharo deve ligar para o disque denúncia da Polícia Civil 197.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo