Cultura

11/03/2021 09:45

Curso capacita estudantes e profissionais das artes para sonoplastia e trilha sonora de espetáculos

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 19 de março

Elementos indispensáveis para ampliar a experiência artística do público que assiste a um filme, show ou aprecia um espetáculo de artes cênicas, o som e a música são protagonistas do projeto Ouvido Pensante.

O curso online será realizado entre os dias 22 de março e 27 de abril. Transitando por princípios da música e sons funcionais, abordará ainda, técnicas de trilha sonora, sonoplastia, composição, estética, canto e canções. No pacote de conhecimento, tem ainda conhecimento sobre processo criativo e os desafios e soluções técnicas para criação e execução de uma obra artística.

As inscrições, assim como o curso, são gratuitas. Interessados devem acessar o site www.ouvidopensante.com.br 

O idealizador do projeto, Leonardo Djan, explica que os alunos serão conduzidos a um processo de reflexão da importância do som e música para uma obra artística. “Serão constantemente provocados a pensar, escutar, analisar, interpretar e debate-los”.

O curso é indicado a profissionais e estudantes de artes cênicas, cinema e música. Tem 12 aulas com 3 horas de duração cada e ocorre toda segunda e terça-feira, sempre às 18h30 (hora local e 19h30, de Brasília). As salas serão abertas na plataforma Zoom e para troca de material e experimentos artísticos será feita via Moodle.

“As aulas são no formato discursivo, mas há tempo reservado para análise de peças e filmes, assim como debates e propostas de experimentos. Subsídios que utilizaremos para estimular o desenvolvimento da escuta e para interpretações que esse universo possibilita”, descreve Djan.

Para compartilhar conhecimento, Djan, que é professor de Sonoplastia da MT Escola de Teatro, convidou ainda o compositor, pesquisador e professor doutor da UFMT, Roberto Vitório e o regente especialista em Canto Coral, Jeferson Neves.

“Quem se dedica a essa área, da produção musical para teatro, cinema e artes cênicas reconhece a carência de profissionais em Mato Grosso. E a pandemia, mesmo com todas as adversidades impostas ao setor cultural, revelou novas perspectivas. Daí a importância de investir em formação e capacitação”, destaca.

Leonardo Djan ressalta que “o hibridismo e as transversalidades entre as áreas artísticas foram a válvula de escape e imprescindivelmente necessários para pesquisas, experimentos e porque não, à sobrevivência de toda uma classe artística nesses novos tempos”.

O projeto Ouvido Pensante tem incentivo da Lei Aldir Blanc, tendo sido selecionado em edital realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura e Lazer (Secel-MT) e em parceria com o Governo Federal, via Secretaria Nacional de Cultura do Ministério do Turismo. Conta ainda com apoio cultural para certificação, suporte e divulgação, da MT Escola de Teatro, Unemat, Grupo Cena Onze e SP Escola de Teatro.

O secretário Beto Machado, que é músico, destaca a importância de projetos de formação durante um período tão crítico para a classe artística. “Com essa capacitação, os profissionais e estudantes se preparam para novas oportunidades. Com o conhecimento adquirido, ampliam a possibilidade de idealizar e atender projetos que vão garantir renda às suas famílias”.

 

Os formadores

 

Leonardo Djan é artista Docente de Sonoplastia na MT Escola de Teatro, produtor/diretor audiovisual, editor de áudio, vídeo e mixador. Fez música para Cinema e TV no Conservatório Brasileiro de Música- CBM- RJ e orquestração também no Conservatório Brasileiro de Música- CBM-RJ (incompleto). Compôs peças contemporâneas, trilhas musicais e como sound designer, produziu e trabalhou com gravações e mixagem em estúdio, curtas metragens, longas metragens, documentários, filmes institucionais e está em processo de criação da sonoplastia da peça Agulhas com estreia para maio de 2021.

 

Roberto Victório é compositor, regente e professor e pesquisador da UFMT. Doutor em Etnomusicologia pela Uni-Rio. Mestre em Composição pela UFRJ. Membro da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea. Seu catálogo reúne mais de três centenas de obras executadas nos principais eventos de música contemporânea, recebendo trinta e um prêmios de composição no Brasil e no exterior. Tem 14 CDs gravados, sendo que dois premiados pela Tribuna da Unesco.

 

Jefferson Neves é formado em Educação Artística - Habilitação em Música pela Universidade Federal de Mato Grosso. Desenvolveu inúmeros trabalhos no universo da música, foi fundador, diretor, maestro, arranjador, pianista e cantor dos coletivos Coro Experimental MT, Boca de Matilde, Alma de Gato e Mesa Pra 6. Além de ter atuado em grandes produções da Orquestra e Coral da UFMT, como cantor e solista da Ópera “A Flauta Mágica”, de Mozart ou da Cantata Profana de Carl Orff, “Carmina Burana” e arranjador, orquestrador, cantor e regente em diversas temporadas de concertos da Orquestra do Estado de Mato Grosso.

 

Serviço

Ouvido Pensante, curso online entre os dias 22 de março e 27 de abril

Indicado para estudantes e profissionais da música, artes cênicas e cinema

Inscrições até 19 de março

Formulário disponível no www.ouvidopensante.com.br


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo