Cidade

24/08/2020 17:04 Poder360

Cientistas de Hong Kong confirmam 1º caso de reinfecção pelo coronavírus

Cientistas em Hong Kong anunciaram nesta 2ª feira (24.ago.2020) a confirmação do 1º caso no mundo de reinfecção pelo novo coronavírus –causador da covid-19. Trata-se de 1 homem de 33 anos, que teve sintomas leves na 1ª infecção e nenhum na 2ª.

“Um paciente aparentemente saudável e jovem teve um 2º caso de infecção pela covid-19, diagnosticado 4 meses e meio depois do 1º episódio”, disseram os cientistas, da Universidade de Hong Kong, em 1 comunicado.

O resultado da pesquisa será publicado na revista médica Clinical Infectious Diseases, da editora da Universidade de Oxford, no Reino Unido. 

Segundo os pesquisadores, após 1 teste do código genético do vírus, foi possível identificar ainda que o o vírus da 1ª infecção pertencia a uma linhagem diferente da 2ª.

“Nossos resultados provam que a 2ª infecção é causada por 1 novo vírus, que ele adquiriu recentemente, em vez de uma disseminação viral prolongada”, afirmou Kelvin Kai-Wang To, microbiologista clínico da Universidade de Hong Kong.

Segundo os cientistas de Hong Kong, a 2ª “versão” do vírus é mais próxima à que circulou na Europa entre julho e agosto (o paciente havia voltado de uma viagem à Espanha). Já o 1º vírus era semelhante aos que circularam em março e abril.

No Brasil, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) apura 2 casos de possível reinfecção por coronavírus. Dois pacientes teriam se curado em maio, mas tiveram novos sintomas em julho. Novos testes para o vírus deram positivo.

Em 17 de agosto, o CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças), órgão de vigilância sanitária dos Estados Unidos, declarou que ainda não é possível afirmar a duração da imunidade contra a covid-19.

O QUE DIZ A OMS

A líder técnica da OMS (Organização Mundial de Saúde), Maria van Kerkhove, disse que “é possível” que este seja o 1º caso confirmado de reinfecção no mundo.

“O que entendemos é que pode ser 1 caso de reinfecção. É possível”, afirmou a líder técnica.

“Acho que é importante colocar isso em contexto. Houve mais de 24 milhões de casos relatados até agora, e precisamos olhar para isso a nível de população. É muito importante que documentemos isso, e, em países que podem fazer isso, que o sequenciamento seja feito. Isso ajudaria muito. Mas não podemos pular para nenhuma conclusão, mesmo que esse seja o 1º caso documentado de reinfecção”, disse.

Van Kerkhove lembrou ainda, que, segundo o que se sabe até agora, todos que tiveram covid-19 desenvolvem algum nível de imunidade contra o coronavírus –questão é saber o quão protetora ela é e por quanto tempo dura.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo