Cidade

11/01/2018 05:48

Produção selecionada em edital do audiovisual contará com estrelas do cinema nacional

Como o previsto, continua rendendo a primeira edição do edital de Seleção de Projetos Audiovisuais, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e Fundo Setorial do Audiovisual.

Depois da leva de curtas-metragens lançados no ano passado, agora é a vez dos longas-metragens. O cineasta Bruno Bini, a exemplo, dá início à pré-produção já na próxima semana, no dia 8 de janeiro. A obra audiovisual Loop, que terá como cenário a capital mato-grossense, deve iniciar filmagens já no próximo mês.

Para potencializar a realização do filme, Bruno Bini buscou parceiros de peso e elenco com estrelas da TV e revelações do cinema nacional. O ator global Bruno Gagliasso será protagonista da trama que traz aventura, suspense e ficção científica. O projeto conta com a co-produção da Globo Filmes e supervisão artística do diretor Fernando Meirelles, diretor do filme Cidade de Deus.

Segundo Bini, a decisão de ter sua cidade como cenário para o longa foi bem recebida pelos co-produtores. “Sempre quis que o filme acontecesse aqui e quando levei a ideia para os parceiros do projeto, todos adoraram”, afirma o diretor sem revelar muito da trama. “É a história de um cara que fica obcecado com a ideia de voltar no tempo depois que sua namorada morre”, resume.

Baseado no conceito do Eterno Retorno, um dos pensamentos mais profundos do filósofo alemão Nietzsche, o projeto foca os ciclos repetitivos da vida com os mesmos fatos se repetindo indefinidamente. “Mais do que um filme sobre viagem no tempo, Loop é um filme sobre arrependimento. Uma história que oferece ao seu personagem principal algo com o que muitos sonham: uma segunda chance”, diz a sinopse.

O elenco estrelado e a co-produção com a Globo Filmes sinalizam as altas expectativas com o resultado final. Segundo Fernando Meirelles, a proposta ousada do filme despertou o seu interesse no projeto. “Loop não se parece com nada que eu já tenha assistido no cinema nacional. É surpreendente”, afirma o diretor de “Cidade de Deus”. A força do roteiro escrito por Bini também foi o que atraiu o ator Bruno Gagliasso. “Sem dúvidas, este é o melhor roteiro que já li até hoje”, endossa o ator, que além do sucesso na televisão, tem investido no cinema em sua carreira.

“Loop” será o primeiro longa do cineasta mato-grossense, que já recebeu 47 prêmios com seus curtas em festivais de todo o mundo. A produção do filme está a cargo da Plano B Filmes, de Cuiabá, e da Valkyria Filmes (RJ), da produtora executiva Angelisa Stein. As filmagens estão previstas para começarem no final de fevereiro. “Nossa expectativa é estrear ainda no final deste ano”, afirma o cineasta. 

Além de Bruno Gagliasso, o elenco de “Loop” conta com Bia Arantes (O Filme da Minha Vida), Branca Messina (Não Por Acaso) e Nikolas Antunes. A direção de fotografia será de Jr. Malta (Tim Maia, O Negócio). Boa parte da equipe de produção do filme será composta por profissionais do audiovisual mato-grossense. “Temos muita gente de talento aqui, e esse intercâmbio de profissionais é muito rico para nosso estado”, afirma Bruno Bini. 

“Loop” tem patrocínio ainda, da Secretaria Municipal de Cultura, Globo Filmes e Canal Brasil.

Novo edital

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT), em parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), lança novo concurso para Seleção de Projetos Audiovisuais no valor de R$ 6 milhões. O certame faz parte das políticas públicas para o fomento, desenvolvimento e fortalecimento do setor audiovisual em Mato Grosso. Deste total investido, R$ 2 milhões serão aportados pela SEC-MT e R$ 4 milhões pela Ancine/FSA.

Serão selecionados nove projetos audiovisuais, sendo dois longas-metragens de ficção ou animação; um telefilme documentário; um telefilme de ficção; um curta-metragem documentário; dois curtas-metragens de ficção ou animação e dois curtas-metragens de baixo orçamento.

As inscrições estão abertas de 1º de dezembro de 2017 a 29 de janeiro de 2018. Os projetos selecionados serão divulgados em abril do próximo ano. O edital já está disponível no site da SEC-MT.

Dentre em breve, devem começar a pré-produção de seus projetos também, os cineastas Severino Neto e Duflair Barradas, com A Batalha de Shangri-Lá e O Anel de Eva, respectivamente. 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo