Brasil

02/12/2019 16:02 Midiamax

Tornado que atingiu sul de MS é fenômeno raro e não pode ser previsto

Conhecido como landspout, o tornado que atingiu a região de Fátima do Sul e Vicentina, no último sábado (30), é um fenômeno raro no Brasil e em Mato Grosso do Sul e por essa razão não podem ser previstos.

De acordo com o Cemtec-MS (Centro de Monitoramento, do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul), os tornados se formam com muita rapidez da mesma forma e se dissipam da mesma forma, e isso também dificulta a previsão. “Sempre que uma nuvem cumulunimbus – nuvem de tempestade – se formar existe a possibilidade de formação de um tornado momentâneo”, explica o Cemtec-MS.

“O landspout é um tornado que não surge da rotação organizada em escala de tempestade e, portanto, não está associado a uma nuvem de parede ou a um mesociclone. Geralmente como não mais do que um turbilhão de poeira.”, ressaltou o Centro de Monitoramento em sua página no Facebook.

Ao Jornal Midiamax, o meteorologista Natálio Abrão, informou que o fenômeno pode ser forte e costuma impactar árvores que estejam próximas.

Na região de Fátima do Sul, de acordo com o Corpo de Bombeiros, houve registro da queda de uma árvore durante o tornado. A reportagem tentou contato com a Prefeitura das duas cidades por telefone, mas não teve retorno.


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo