Artigos

26/03/2021 09:40

Vivemos preocupados

Interessante que existem situações que não vamos escapar nunca, e uma delas é o passamento, a morte como muitos dizem. Mas o passamento é algo certo em nossa existência e normalmente não comentamos sobre isso, pois sempre temos a esperança de que não acontecerá conosco.

Nos preocupamos em acumular somas que muitas vezes nem sabemos a realidade de nossos bens, pois muitos costumam mentir à receita federal por ocasião da declaração de renda que acabam acreditando que o informado é realmente a verdade.

Os noticiários estão ai pra gente ver, pessoas que em meio a pandemia, onde muitos estão isolados esperando uma vacina participam de baladas, encontros, como se nada estivesse acontecendo no mundo, a exemplo de um jogador famoso que recentemente foi preso por estar além de participando de aglomeração praticava delito em meio a lazer em um cassino de jogatina, o que é proibido por Lei.

Mas para que nos preocuparmos com a morte? Temos que nos ater a vida! Deus nos criou para a vida. Somos o princípio inteligente do universo e fomos criados para a eternidade, pois o Poderoso Arquiteto do universo não ia criar para destruir logo ali adiante! Temos um corpo perecível é verdade, cujo corpo é próprio de cada Planeta que vamos habitando ao logo das nossas inúmeras encarnações, como espírito/alma que somos.

O Ser mais perfeito que passou pela Terra nos disse que existem muitas moradas na casa do Pai. Talvez muitos não entenderam até hoje o que sejam estas moradas, mas elas são os diferente mundos que poderemos e até já habitamos em alguns! Também entendemos que a “Casa do Pai” é o universo!

Portanto não nos preocupemos com a morte física. Ela virá para todos nós. Preocupemos em cumprir com eficiência nossos objetivos pelos quais viemos à Terra. Claro que uns vão ter sofrimento nos momentos que se aproximar o passamento, enquanto que outros vão se ir serenamente, isto depende do merecimento de cada um.

A faze evolutiva nossa é diferente de uma pessoa para outra e isso é o que determina como vai ser o desencarne de cada um. Mas segundo os espíritos amigos nos informam em nossas reuniões e que também consta na literatura, a morte não é como algo que se arrebenta. É como se um laço fosse desatado.

Portanto amigos, vamos focar na vida. Proteger nosso corpo carnal. Nos cuidado para que a energia que temos dure o maior tempo possível.


Banner whats nativa news

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

248x90

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo