Agronegócios

04/10/2017 14:43 Senar-MT

Plantio direto pode aumentar a produtividade em até 30%

Com as chuvas da semana passada, boa parte dos municípios mato-grossenses já iniciaram o plantio da safra 2017/2018. A expectativa é que se as chuvas previstas forem confirmadas para esta semana, as máquinas vão trabalhar a todo vapor e a semeadura deve avançar consideravelmente em todo o estado.

De acordo com a estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Mato Grosso deve plantar 9,4 milhões de hectares na safra 2017/18. A produtividade deve ser de 54,12 sacas.

Estudos realizados pela Embrapa Soja comprovam que o plantio direto aumenta a produtividade nas lavouras em 30%, quando comparado ao sistema convencional. Em anos de seca, lavouras com o plantio direto produzem até o dobro do sistema convencional. Um dos pilares do plantio direto é a diversificação de culturas. Existem basicamente quatro modalidades que o produtor pode usar para diversificar o seu sistema de produção.

A primeira é a sucessão das culturas dentro de um mesmo ano agrícola.  Já a segunda é a rotação, considerada a mais benéfica para o produtor. O pesquisador da Embrapa Henrique Debiasi, explica que na rotação, o princípio básico é alternar espécies diferentes na mesma estação do ano. “Um exemplo seria a alternância entre soja e milho”.

As outras duas opções são a consorciação, que consiste na maximização de espaço mediante o cultivo simultâneo, num mesmo local, de duas ou mais espécies com diferentes características. E por último e, não menos importante, é o sistema chamado de janelas de cultivo que tem como um exemplo característico o período entre a colheita da soja e o plantio de outro tipo de cultura. “Com a chegada cultivares precoces de soja no mercado esse método passou a ser ainda mais utilizado”, explica o pesquisador.

Entretanto a Embrapa ressalta que antes de decidir por alguma modalidade de cultivo o produtor precisa entender quais espécies se adaptam melhor a sua região. Muitas das culturas usadas no sistema plantio direto são espécies forrageiras que, além de fornecer palha e raízes, podem ser usadas para a produção de carne e leite, agregando valor à produção agrícola da propriedade com o sistema integração lavoura pecuária, que, segundo os especialistas, é uma excelente alternativa no processo de diversificação de culturas.

 

 


Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo