Agronegócios

28/06/2016 10:56

Famato empossa nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta

Tomou posse, sábado (25/06), a nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta, para o triênio 2016/2019. A solenidade foi realizada no Rotary Club do município. 

O dispositivo de honra foi formado pelo vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) Normando Corral, o presidente do Sindicato Rural triênio 2013/2016 Celso Bevilaqua, o atual presidente Valmir Coco, representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e Câmara Municipal de Alta Floresta.
Os novos membros da diretoria foram apresentados e em seguida fizeram o juramento, conduzido pelo presidente eleito. Na sequência, o vice-presidente da Famato fez a entrega do Troféu Luiz Alfeu, ao ex-presidente Celso Bevilaqua pelos trabalhos dedicados aos produtores rurais do município. 
O prêmio é uma homenagem ao colaborador mais antigo da Famato, o assessor jurídico Luiz Alfeu. Há 40 anos, Alfeu dedica parte da sua vida ao sistema, e como ele mesmo costuma dizer, é um apaixonado pela Famato. Sendo assim, a diretoria da Federação criou o troféu para ser entregue aos ex-presidentes que, assim como Alfeu, trabalham pelo setor produtivo.

Ao empossar a nova diretoria, Corral destacou a missão do Sindicato Rural, que é a de orientar, informar e representar os produtores rurais, cuidando dos seus interesses institucionais, prestando serviços de forma eficiente e promovendo sustentabilidade da atividade e agradeceu a diretoria que deixou o cargo. "Eu, que já fui presidente do sindicato de Tangará da Serra, sempre digo que na verdade os presidentes de instituição, nada mais são que veículos, que tem a função e o dever de entregar a entidade melhor do que a recebemos. Desta forma fazemos com que a instituição se perpetue", declarou Corral. 
No discurso de posse, Valmir Coco fez um balanço da diretoria que deixa o sindicato, a qual ele foi tesoureiro, e falou da responsabilidade de assumir a presidência de um dos maiores sindicatos rurais de Mato Grosso. "Estarei sempre alerta às questões que afligem a agropecuária e vou trabalhar por políticas agrícolas, que é o grande gargalo do setor. E desejo contar com o apoio dos produtores rurais e da entidade mãe do agronegócio em Mato Grosso, a Famato", discursou.

O ex-presidente, Bevilaqua falou do orgulho de ter representado o Sindicato Rural da cidade considerada pólo do território Portal da Amazônia Mato-grossense, que tem o maior rebanho do estado e o 7º do país. "Durante minha gestão no sindicato, conquistamos o destaque internacional de pecuária sustentável, desenvolvemos o projeto Olhos d’Água da Amazônia que visa à recuperação e proteção das nascentes, assim como, o projeto Novo Campo através do Instituto Centro Vida (ICV)", apontou Bevilaqua.
Conforme Bevilaqua há alguns meses o município de Alta Floresta e o governo de Mato Grosso firmaram parceria com a Althelia Climate Fund, que vai investir aproximadamente R$ 100 milhões na preservação da floresta e promoção de cadeias produtivas sustentáveis.

Bevilaqua garante que deixa de legado, um sindicato estruturado, respeitado pela classe produtora e pela sociedade civil organizada. "Além do mais deixamos o sindicato com uma excelente estrutura, com atendimento diferenciado, espaço amplo, salas arejadas para os cursos do Senar, e ainda contamos com um moderno consultório odontológico", destacou.
O Sindicato Rural de Alta Floresta e outros 88 sindicatos, a Famato, o Senar-MT e o Imea formam o Sistema Famato. 

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados a Gund e Caldas LTDA ME - Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo