Agronegócios

28/06/2016 10:56

Famato empossa nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta

Tomou posse, sábado (25/06), a nova diretoria do Sindicato Rural de Alta Floresta, para o triênio 2016/2019. A solenidade foi realizada no Rotary Club do município. 

O dispositivo de honra foi formado pelo vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) Normando Corral, o presidente do Sindicato Rural triênio 2013/2016 Celso Bevilaqua, o atual presidente Valmir Coco, representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e Câmara Municipal de Alta Floresta.
Os novos membros da diretoria foram apresentados e em seguida fizeram o juramento, conduzido pelo presidente eleito. Na sequência, o vice-presidente da Famato fez a entrega do Troféu Luiz Alfeu, ao ex-presidente Celso Bevilaqua pelos trabalhos dedicados aos produtores rurais do município. 
O prêmio é uma homenagem ao colaborador mais antigo da Famato, o assessor jurídico Luiz Alfeu. Há 40 anos, Alfeu dedica parte da sua vida ao sistema, e como ele mesmo costuma dizer, é um apaixonado pela Famato. Sendo assim, a diretoria da Federação criou o troféu para ser entregue aos ex-presidentes que, assim como Alfeu, trabalham pelo setor produtivo.

Ao empossar a nova diretoria, Corral destacou a missão do Sindicato Rural, que é a de orientar, informar e representar os produtores rurais, cuidando dos seus interesses institucionais, prestando serviços de forma eficiente e promovendo sustentabilidade da atividade e agradeceu a diretoria que deixou o cargo. "Eu, que já fui presidente do sindicato de Tangará da Serra, sempre digo que na verdade os presidentes de instituição, nada mais são que veículos, que tem a função e o dever de entregar a entidade melhor do que a recebemos. Desta forma fazemos com que a instituição se perpetue", declarou Corral. 
No discurso de posse, Valmir Coco fez um balanço da diretoria que deixa o sindicato, a qual ele foi tesoureiro, e falou da responsabilidade de assumir a presidência de um dos maiores sindicatos rurais de Mato Grosso. "Estarei sempre alerta às questões que afligem a agropecuária e vou trabalhar por políticas agrícolas, que é o grande gargalo do setor. E desejo contar com o apoio dos produtores rurais e da entidade mãe do agronegócio em Mato Grosso, a Famato", discursou.

O ex-presidente, Bevilaqua falou do orgulho de ter representado o Sindicato Rural da cidade considerada pólo do território Portal da Amazônia Mato-grossense, que tem o maior rebanho do estado e o 7º do país. "Durante minha gestão no sindicato, conquistamos o destaque internacional de pecuária sustentável, desenvolvemos o projeto Olhos d’Água da Amazônia que visa à recuperação e proteção das nascentes, assim como, o projeto Novo Campo através do Instituto Centro Vida (ICV)", apontou Bevilaqua.
Conforme Bevilaqua há alguns meses o município de Alta Floresta e o governo de Mato Grosso firmaram parceria com a Althelia Climate Fund, que vai investir aproximadamente R$ 100 milhões na preservação da floresta e promoção de cadeias produtivas sustentáveis.

Bevilaqua garante que deixa de legado, um sindicato estruturado, respeitado pela classe produtora e pela sociedade civil organizada. "Além do mais deixamos o sindicato com uma excelente estrutura, com atendimento diferenciado, espaço amplo, salas arejadas para os cursos do Senar, e ainda contamos com um moderno consultório odontológico", destacou.
O Sindicato Rural de Alta Floresta e outros 88 sindicatos, a Famato, o Senar-MT e o Imea formam o Sistema Famato. 

Nativa News

Jose Lucio Junqueira Caldas
Alta Floresta - MT
Fone (66) 9.8412-9214
nativanews@hotmail.com

Redes Sociais

Todos os direitos reservados ao Site Nativa News
Qualquer material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo